Anos 70 essencial com pegada navy na Frame Denim

Garotas americanas que se apaixonam enquanto visitam o litoral da França na década

de 70, ao som de Rolling Stones, vestindo muita moda esportiva, apostando no

swinwear e no apelo luxuoso associado ao estilo navy. Esta foi a proposta da do

desfile apresentado pela marca Frame Denim, em Nova Iorque.

Apesar da referência sofisticada, a elegância proposta vestiu­-se da moda mais essencial

possível, prevalecendo a ênfase em peças simples, usáveis e fisionomias conhecidas de

outros verões.



Os looks dialogaram com o ambiente litorâneo, especialmente pela presença enfática do

white denim, compondo duetos com as estampas náuticas listradas,

tanto em fits ajustados quando nas pantacourts, que mais pareceram uma fusão da saia

evasé com as cropppeds. O respiro para as cores frias veio através do tom mostarda

jogado em combos de jaqueta e short em camurça e malhas caneladas.



No mix elaborado em blue denim, salvo o macacão longo com corte reto e esguio, a

maioria das peças exploraram o visual stonewash, girando em torno

da referência do jeans de estimação: aquele que já existe no guarda-­roupa pessoal, que

já foi cortado, desfiado, usado em outras décadas e é recolocado como uma forma de

desapego. Uma ideia que vem se mostrando insistente nas coleções desta temporada.

Sendo assim as calças pouco ousaram em reformulações acerca do seu próprio

desenho: o elemento novidade veio da fusão com a referência setentista, com seus

bolsos externos chapados, com a ênfase dos fits na aparência da moda essencial, a qual

direcionou os cortes para linhas mais sequinhas e tornou predominante a economia de

informações.



Para quem está em busca de versões enxutas da cintura alta, as

propostas da grife trouxeram oportunas variações: cós transpassado com fechamento na

lateral e ausência de pala na traseira substituída por pences para levantar o shape. O

desfile da grife também reafirma o visual da calça com bolsos chapados, estilo

anos 70 e, acima de tudo, esclarece a importância da cartela de

lavagens que representa o jeans usado e neutro, como uma interpretação confirmada

para a estação.