Coach apresenta ‘retrô futurista’ com cores vibrantes e otimismo

Em meio aos diversos desfiles na Semana de Moda de Nova York, a Coach 1941 misturou nostalgia à pegada futurista na passarela. A coleção prêt-à-porter do britânico Stuart Vevers, voltada ao Verão 2020 (equivalente ao 2021 nacional), celebrou os 78 anos da marca de artigos de couro.

A linha relembrou a Nova York dos anos 80 e reuniu releituras de 78 bolsas introduzidas na história da marca. O couro apareceu em trech coats, calças, saias e jaquetas na passarela, surgindo em tons sombrios como em cores vibrantes, seja rosa-cereja ou verde-bandeira.

Com um clima despojado, a coleção contou com um look total denim com shapes “futuristas”, o que se alinha a expectativa demonstrada por Stuart Vevers. “Queria que fosse sobre a mudança e algo que fosse mais minimalista e positivo, otimista, olhando para o futuro da nova década”, disse o estilista durante o desfile.

A marca ainda trouxe uma pegada artsy para a passarela, atuando em parceria com Richard Bernsterin. O artista pop, que ganhou notoriedade ao fazer capas da revista Interview entre as décadas de 70 e 80, deu um ar descontraído a coleção estampando algumas peças com ilustrações de Barbra Streisand, Rob Lowe e Michael J. Fox.

Fonte: Thaina Barros | Fotos: Reprodução