Cotton Project: Da cidade para a praia sem enrolação

Sabe aquela moda descomplicada, fácil de vestir, fácil de usar? Essa é a proposta da Cotton Project que estreia na SPFW apresentando seu lifestyle que une o beachwear e o urbano. Um refresh gostoso em tons como o laranja queimado, verde militar, amarelo, vermelho, terrosos, além do preto e branco dos últimos looks mais tecnológicos. Os tecidos dão vontade de tocar, tamanho o conforto e maciez: aí entram o jeans, malhas, cetim duchese, seda, couro, linho e atoalhados. É tudo muito prático, coordenável que une a alfaiataria cool juntamente ao estilo esportivo em calças que chegam no tornozelo com fits mais justos ou cenoura e, que podem ser passadas do guarda-roupa dele para ela ou vice-versa. Não precisamos nada mais do que um bom par de calças ou bermudas, uma camiseta, uma parka ou uma jaqueta, se possível, no estilo bomber.


O tema fala de gangues rivais numa praia trazendo à tona questionamentos de estereótipos, o humor negro do surf e a “desglamurização” do verão brasileiro. Mas deixando de lado essas “histórias surreais” o que se vê mesmo tanto na passarela quanto na loja são os jeans no delavê, baby blue ou azuis médios, somente amaciados em calças mais curtas com cordões na cintura e barras levementes desfiadas, além de camisas ou jaquetas, sem detalhes e bem clean. As sarjas colors ganham toque suave, pesos leves e estilo despojado. E como estamos falando de praia, surgem roupões atoalhados e chinelos usados com meias, nada mais beach-street do que essa combinação.