Denim mediterrâneo em leitura psicodélica é o tópico da Gucci

Um look altivo, inspirado na arquitetura do Partenon de Atenas, e nos primórdios da civilização Grega e Mediterrânea. Foi com esta ambição, que a Gucci mesclou o denim nas paletas falso branco e macio esverdeado; à estampas florais de diferentes estilos, e à nobreza dos tecidos metalizados na sua coleção Resort 2018.



Na apresentação; o denim com jeito grego frisou o decorativismo, e trouxe uma profusão de estampas e florais, coroadas por tiaras de lírios douradas. Um visual que induziu o mix denim à uma pegada psicodélica setentista, e um revival dos anos 70: com muitas pantalonas fluidas e fits lembrado as décadas. Entre as peças destaque do segmento, a coleção sublinhou a jaqueta essencial mais ampla, em paleta branca e adornada por bordados; forrada com pele no interior. Também o shortinho desfiado foi renovado, pela combinação formada entre os bordados de flores espelhados e o rico styling criado pela sobreposição de meias rendadas de diferentes tamanhos.



No menswear, galões metalizados agregaram nobreza às laterais das calças jogger; enquanto o fundo floral alterou o discurso de um importante mix militar – formado por calças cargo e parkas. Já nas modelagens soltas, a Gucci legitimou o efeito cool da influência das tendências femininas nos fits do jeans masculino: destacando a cintura marcada, a elevação dos ganchos, e a interpretação do caimento retrô da baggy como elementos extremamente direcionais.