Do luxo ao street na passarela de Samuel Cirnansck

Novamente o jeans se encontra com a moda de luxo. Agora é a vez de Samuel Cirnansck apresentar sua segunda linha SCK, mais urbana, porém sem deixar de lado os ricos bordados e estampas que ornamentam o denim sofisticado. Segundo o estilista essa marca é uma forma da cliente que não tem acesso à sua coleção festa, adquirir uma peça com sua assinatura. Para tanto Samuel realizou uma parceria com o Mercado Livre (o desfile aconteceu na sede da empresa) onde o público vai poder adquirir suas peças.


“O marketplace é um modelo de negócio democrático, em que qualquer pessoa pode começar a anunciar seus produtos e atingir diferentes públicos. Com esta parceria, o Mercado Livre mostra que a Moda está disponível com diversos estilos e para todos os públicos possíveis. A incrível coleção da SCK por Samuel Cirnansck é uma das muitas possibilidades que o consumidor pode encontrar no Mercado Livre”, afirma Fernando Jacobucci, head da categoria de moda do Mercado Livre.
Seguindo a proposta comercial da marca, Samuel também realizou um projeto com o Mega Polo Moda no Brás na criação da 1ª. loja da marca SCK por Samuel Cirnansck que fará a venda “See Now Buy Now” da coleção desfilada a partir de 25 de setembro.


Samuel considera essa coleção como seu debut na nova marca, com uma linha mais madura e, completa inspirada no rock, punk e grunge mesclados ao romantismo dos tecidos nobres e pedrarias. O jeans permanece, o bordado transcende o atelier e encontra seu lugar em meio à musselines e moletons. E, por que não, unir o glamour à peça mais democrática do planeta? Atualmente tudo é possível – o vestido longo, leve e fluído pode ser usado com a calça jeans reta, por baixo ou pode vir com a jaquetinha por cima num visual que une os contrastes. E, que tal uma camisa totalmente vintage com gola laço no look com calça em jacquard?


Já o vestido em algodão com recortes casa perfeitamente com a jaqueta que ganha bordados florais nas mangas, puídos e esbranquiçados. Destaque para o blazer acinturado com um lindo trabalho de patchwork onde entram brilhos, florais e listras em diferentes lavagens e que surge no look com a saia midi onde entram pregas no mix de tonalidades do denim mais encorpado e para o conjunto com uma estamparia incrível com florais inspirados na tapeçaria e quadriculados da saia longa e da jaquetinha, tudo com toques barrocos e vitorianos.


O lado lúdico surge nos silks com frases e desenhos em meio aos bordados com linhas coloridas e aspecto artesanal. As meninas ainda passeiam com calças cropped no black ou com aplicação de rendas e transparências.


Para os meninos um mix de tons e tecidos no delavê com uma profusão de elementos (paetês, silks, desenhos) na jaqueta justa, e nas calças pantacourt e croppeds retas no azul intenso somente amaciado ou o black com costuras marcadas.


Em lavanderia muitos efeitos used (rasgos, ranhuras, navalhados, esbranquiçados, amarelados) se unem à sofisticação de toda a ornamentação que tanto o estilista gosta e trabalha na sua linha festa. “ O jeans é um item do dia a dia, mas também pode se igualar a uma roupa de festa. É uma peça street, atemporal e versátil – tanto para o dia como para a noite – e que sempre estará presente nas minhas coleções ”, afirma Samuel.


Nessa coleção, o estilista utilizou em calças, saias e jaquetas o denim da Vicunha, Bruce, em 100% algodão e de um azul intenso e, que ganhou diferentes lavagens.