Dsquared2 sinaliza influência do público lbgt no Verão 2017 europeu

Calçados plataforma estilo Bowie, cristais swaroski, splashes de tinta, estilo de combate e foco na composição vertiginosa da parte inferior do look. Foi com este visual, que a marca Dsquared2 conferiu à sua apresentação correspondente ao Verão 2017 europeu internacional; leitura de manifestação solidária ao recente atentado ocorrido em Orlando. Com a proposta de celebrar a sexualidade; os irmãos Dean e Dan Caten, estilistas da marca, sinalizaram o contexto permissivo para a intromissão dos elementos que orbitam o universo colorido do público lgbt: jeans poluído, fits ajustados, e estilo militar com discurso saliente marcaram presença na temporada ready-to-wear masculina, através da coleção apresentada pela marca.



O denim apareceu em quatro acabamentos distintos: índigo profundo amaciado, com caimento de alfaiataria; ripped com pegada punk, enfeitado por patches e cristais; texturado, por grandes splashes de alvejamento; e metalizado, efeito conferido principalmente à paleta grafite. No caimento certinho da alfaiataria, os fits cairam retos e as barras foram dobradas para salientar o efeito glam das plataformas. Nos demais acabamentos, a Dsquared2 sublinhou o ajuste total do entrepernas, e agregou mise en scéne nos corajosos rasgos aplicados nos joelhos – sempre com tampões e discurso acidental agressivo.



O outerwear da marca rendeu-se ao discurso de combate das camuflagens, desde a versão desejo do parka estilo pescador até a conveniência da jaqueta bomber. Até mesmo o look total denim, agregou o bolso chapado característico da influência militar – sempre com a conotação solidária ao público gls. Com sapatos coloridos, cintilantes, cor de rosa ou em salto de arco-íris, o menswear da Dsquared2 colocou o jeanswear para dialogar com casacos de alfaiataria liberty, xadrez jogo de damas, e antecipou a influência militar como uma inspiração forte para a temporada.