Fabiana Milazzo estreia no evento em alto estilo

Fabiana Milazzo é mais uma marca estreando no SPFW e, que tem tudo para continuar sua trajetória no evento com uma moda festa repleta de brilhos, com apelo comercial sim, mas também cheia de estilo e, que ainda mescla a sofisticação da alta costura com o denim deluxe num trabalho artesanal e rico em detalhes.


Segundo a estilista há peças que demoram um mês para ser finalizadas onde o trabalho de ONGs também são valorizadas na confecção dos bordados e fios de seda. Para esta coleção o tema foi o Brasil e suas arquiteturas como as cidades históricas de Minas, grafites de São Paulo, o Cristo Redentor e as favelas do Rio de Janeiro. Dessa miscelânea surge delicadas imagens de casinhas coloridas todas em paetês e estampas pinceladas.


O brilho também esteve presente no lurex com aspecto camuflado, assim como nas transparências com aplicações de pássaros e flores e desenhos diferentes. Rendas vazadas surgerem uma sensualidade velada e os barrados com rendas nos tecidos esvoaçantes trazem uma leitura étnica chique.


O denim continua exercendo seu papel fundamental na moda de Fabiana que sabe mesclar como ninguém a riqueza de bordados aos artigos premium dentro do projeto CanatibaLab + Fabiana Milazzo, do qual a estilista faz parte. Seus moletons alongados ganham toque macio da malha que ganha esbranquiçados e aplicações flores e folhagens. Blazers e saias lápis surgem com faixas criadas a partir de tiras de jeans reaproveitados ou em bordados, misturando lã e pedrarias.


Entre os tecidos super nobres surgem o chiffon, organza e musseline de seda pura que aparecem em vestidos de festa godê – longos e midi -, saias amplas e blusas de mangas volumosas, românticas como a essência da marca. Os vestidos mais estruturados trazem construções com o viés de zibeline inspirados no trabalho de Niemeyer. Na cartela de cores, o off white foi usado como base para as estampas e bordados – que levam toques metalizados – além de azul intenso, denim e dois tons de vermelho.