James Long aposta em seu estilo londrino progressivo

Janeiro é um mês de muita agitação para a moda no geral, com muitas feiras e eventos, mas a moda masculina ganha destaque estreando o calendário oficial de desfiles, além da primeira feira de moda do ano, a Pitti Uomo, que acontece paralelamente à semana de moda masculina de Milão, totalmente dedicada ao menswear.

Com o segmento masculino em alta, todos os olhares se voltam para os designers que apresentam suas coleções para a temporada FALL 2015, ou Inverno 2016 aqui no hemisfério sul. O pontapé inicial foi dado, como sempre, em uma das capitais mais importantes para o mercado de moda focado nos homens: Londres.

Nossa primeira análise da temporada é da coleção do londrino que faz uma moda street progressiva, James Long. Para a temporada, muito preto com referências sportswear e pitadas de workwear, tudo sem perder o apelo urbano característico da marca.

O jeans apareceu com rasgos e patchwork, com características que lembram o boro japonês. Vale ressaltar que as referências ao jeanswear tradicional do Japão são uma das grandes tendências em se tratando de denim, principalmente masculino, por isso, vale a pena entender e ficar atento a essa estética.