Novos toques para o menswear da Diesel Black Gold

Homens monocromáticos, estruturados, e decorados com muitos metais ao estilo biker chic. Sem entrar com uma proposta inteiramente nova, Andreas Melbostad, atual estilista da Diesel Black Gold, manteve a essência da marca ao dar continuidade às construções rígidas e urbanas que sempre a caracterizaram. Na coleção de inverno 2014 (equivalente à 2015 brasileiro), o designer perpetuou também o trabalho minucioso em aplicações de metais – quase um DNA da marca – renovando-o através da linguagem wallpaper (papel de perede) que trouxe novas texturas metalizadas nas calças masculinas.


A aparência final, sinalizou uma moda enfeitada com agressividade para o menswear. Além dos metais formando desenhos, Melbostad manteve a construção do discurso urbano, através da inclusão dos fechos de metal como aviamento fundamental para valorizar as peças. Já o mix em denim foi renovado pela criação bem-sucedida de tecidos com base de algodão, diferenciados por efeitos lustrosos no exterior, reproduzindo a aparência do couro, vinil e até mesmo pele da pele de enguia.


A cartela de cores das calças passou pelo black, grafite, branco, prata e alguns tons terrosos. As malhas se encarregaram de pontuar alguns looks “quebrando” a monocromia com blocos de cores, seguindo a paleta colegial vermelho, branco e azul marinho. Como peças-chave, além da jaqueta biker – eterno carro chefe das coleções da Diesel Black Gold, a marca trouxe os parkás como exigência para o guarda-roupa masculino da estação, em versões mais volumosas devido às incursões de peles como elementos de atualização.