A seleção natural das tecnologias que vão somar flexibilidade ao nosso setor

Em um universo de competitividade e evolução, definitivamente não é o mais forte que sobrevive, mas sim, aquele que melhor se adapta às mudanças. Darwin já “cantava essa essa pedra” há mais de 200 anos atrás. E a 16º edição da gigante Febratex 2018, que se encerrou dia 24 de agosto, reiterou esse mesmo pensamento. Ao longo dos quatro dias do evento, a feira que aconteceu na Vila Germânica, em Blumenau; elevou a importância da palavra flexibilidade no setor têxtil.

A grandiosidade dos avanços e o valor da inovação de acordo como os expositores, atualmente se define por aparatos criados para produções menores, pensadas para uma ampla customização das operações. Acrescente-se a isso reprodutibilidade, e inteligência artificial pronta para coletar dados, processá-los e “queimar” etapas produtivas no chão de fábrica. Reunir várias funções em uma só: esta é a tendência e a nova definição de tecnologia de ponta para o vestuário. Lembrando que sustentabilidade, continua ecoando como key trend pelos quatro cantos do setor.

Nossa equipe percorreu a feira garimpando os lançamentos mais direcionais para o mercado jeanswear. Equipamentos que permitem a montagem de uma lavanderia “em casa”, químicos atendendo à demanda por tingimentos ácidos e fios desenvolvidos com a finalidade de peças mais atemporais constaram entre as novidades mais significativas. Confira abaixo um resumo do que vimos e conferimos. E consequentemente, do que está por vir:

Audaces
A nacional e audaciosa Audaces destacou-se na feira pelas sugestões colocadas para a adequação ao formato 4.0. Entre elas o Audaces Linea, que permite programar diversos enfestos para o mesmo dia no touch screen da máquina; com tecnologias para alinhamento das bordas, contabilização da metragem, e parametrização automática da tensão do tecido. Para aprimorar os controles da produção, a empresa apresentou o Neocut Bravo, capaz de cronometrizar hora, dia, semana e mês da produção de acordo com os objetivos da empresa.

CHT Bezema
Apresentou tingimentos reativos da linha Go, entre eles o OrganIQ BLEACH que reproduz as lavagens ácidas no jeans com uso de um agente totalmente orgânico, 99% biodegradável e livre de metais pesados. Também o OrganIQ NEUTRAL, uma alternativa mais ecológica para o processo de neutralização do jeans, que dispensa o metabisulfito.

Coratex
Ricardo Pires, representante comercial da marca, foi quem simplificou a diretriz dos lançamentos Coratex. De acordo com o representante, a companhia está focando a venda de processos que salientem as qualidades originais do tecido. No stand da marca, Angelo Venturi nos apresentou como exemplo o Deep Dye, alquimia que permite que prevaleça no tingimento seu fundo original. Mesmo quando associado à cloro e outros químicos. De acordo com o Técnico Têxtil, o produto pode ser aplicado também nas malhas, e varia em cinco cores: marinho vermelho, azul, preto e turquesa.

Hi etiquetas
O stand da marca já inspirou pelo visual merchandising permeado de patches, fitas, e galões para as laterais do jeans. Entre os aviamentos mais procurados, destaque para as faixas laterais desenvolvidas especialmente para ganhar o tom da lavagem do denim, com um sutil relevo nas bordas ganhar reserva pigmento.

Hi Tech
O destaque foi o processo de clareamento que não agride o elastano intitulada Clarol A3P e ActiveA3P. De acordo com Caíque Bordignon, gerente da Hi Tech, através da associação dos produtos químicos com Ozônio de plasma é possível tirar padrões na peça a frio sem danificar as fibras. Outra tecnologia de clareamento apresentada foi a Biolite Premium Plus, que refina o contraste, a beleza e o brilho do denim pelo uso de uma enzima peroxidase que age diretamente no índigo blue, e com isso consegue preservar a limpeza da peça em todas as suas etapas.

Iberlaser:
Como principal novidade a companhia lançou o INDI VI, equipamento que reconhece automaticamente o tamanho da roupa, dispensando essa triagem inicial. Com uma área de 1.600×800 mm o equipamento conta com 2 canhões laser, e consegue criar efeitos atuais e minuciosos, como os micro puídos, o corte patchwork e o 3D natural.

Silmaq
Fábio Ricardo, vendedor técnico da Silmaq foi quem nos mostrou a novidade maior da companhia. Wizard, a máquina que dispensa licença ambiental devido à conduta eco-friendly, idealizada para suprir a necessidade da lavanderia dentro das confecções. A Wizard, realiza estonagem, amaciamento e a retirada do corante hidrolisado com ozônio. Além da completa evaporação do resíduo líquido, o processo usa uma enzima biodegradável a 60º. O resultado é uma máquina que demanda quantidade de água equivalente apenas ao peso da calça. Ou seja, para cada grama de tecido, 1 ml de água. Daí a dispensa de uma licença ambiental.

Global Tecnologia
De acordo com Fabricio Cristoff, gerente da companhia, a estamparia digital que antes tinha uma aplicação de 70% em algodão e 30% de poliéster se inverteu. Hoje é o poliéster o alvo da aplicação por sublimação. Muito além do beachwear e moda fitness, as cores vibrantes estão presentes em peças de todos os estilos. Uma influência da cor no topo do look que vai fazer um chamado às lavagens ácidas e aos coloridos com função neutra no look jeanswear.

Lectra
A atualização no mix de tecnologias da Letra veio por meio do Letra Fashion PLM 4.0, software que conecta tecnologia, pessoas e processos através de uma cadeia de fornecimento digitalizada. Entre os diferenciais, a ferramenta realiza previsões de custos incluindo logística, componentes, materiais e operações. Também agrupa storyboards e desenhos técnicos em uma única plataforma. E na área de controle de qualidade, mantém uma biblioteca com todos os testes em andamento. Por fim, no quesito planejamento, o software organiza e distribui targets, margens e volumes por produto, área geográfica e método de distribuição entre outros.

Lycra
Anunciou a tecnologia Tough Max, que torna o denim 2X mais resistente na trama do que as composições 100% algodão. Criado também com a intenção de resistir melhor aos tratamentos agressivos, o Tough Max apresenta baixo índice de encolhimento e está em fase de testes para em breve, ser disponibilizado no Brasil.

Fonte: Vivian David | Fotos: Equipe Guia JeansWear