Canatiba Denim Experience traz coleção sustentável, desperdício zero

A Canatiba Denim Experience, trouxe durante a Semana das tecelagens, uma profunda imersão nas mais novas técnicas de comunicação e venda, além das tendências de moda e novidades dos processos de lavanderia. Com uma linha totalmente pensada no conforto, estilo e meio ambiente, a empresa apresentou inovações tecnológicas capazes de desenvolver a plataforma XFit da Lycra. Durante o evento, bailarinos coreografaram movimentos suspensos por tecidos bi elásticos. Em toda a área têxtil, a marca foi a primeira a utilizar este recurso em bases denim.

Silvana Valente Eva, gerente de marketing da Invista (Lycra), revelou o que os consumidores buscam em seu processo de compra e a razão de taxas de desistência na ordem de 57% para o jeans – mostrando como vender melhor ao associar a modelagem mais indicada para cada tipo de corpo.

A onda dos tecidos em xadrez e listrados permanecem na coleção, e chegam até a se misturar. A linha Eco utiliza fibra de algodão e foi desenvolvida para evitar o desperdício do material, a princípio tudo o que sobrava era reservado, e voltava para o processo, o que diminui o desperdício para quase zero.

O movimento Sou de Algodão passou pelas passarelas do São Paulo Fashion Week, atestando a versatilidade das bases em com uma proposta mais ousada, para depois ganhar alcance do público final. As peças expostas são criações de João Pimenta, em parceria com a Canatiba, e trabalham a autenticidade e usabilidade do produto.

A Canatiba também apresentou novas Tag’s que levam o cliente final a uma experiência tecnológica inovadora através do ID Conect, desenvolvido pela Tecnoblu. Um aplicativo para celular associado às tag’s que apresenta, em forma de vídeo, os diferenciais tecnológicos e sustentáveis do desenvolvimento dos tecidos.

O Canatiba Denim Experience prosseguiu com a evolução histórica das técnicas e equipamentos de lavanderia e sua trajetória revolucionária. Maurizio Morosini, da Tonello, empresa referência internacional no setor, contextualizou passado, presente e futuro do segmento.

Fonte: Beatriz Fleira | Fotos: Reprodução