Cedro Têxtil aposta no conforto e performance do stretch em linha denim

Entre os últimos dias 14 e 16 de maio, a Cedro Têxtil apresentou sua nova coleção denim, a Desbravadores. A linha assinada por Eduardo Paixão, Joanna Carrara e Hanny Duchini aposta na tecnologia strech e conta com oito novos artigos índigo e outros quatro produtos no segmento colours.

Segundo a companhia, que está entre principais fabricantes de denins e sarjas do país, a coleção é uma “homenagem à busca pela inovação e à coragem de abrir caminhos, seja na moda ou nos negócios”. A intenção foi dar continuidade a forte presença do elastano das linhas anteriores.

O destaque da coleção fica com o tecido Duo M. O produto possui a tecnologia Lycra® Xtra Life®, oferecendo um alto potencial de elasticidade (até 68%) e estabilidade de retorno ao tamanho original da modelagem. Além disso, o artigo mantém como diferencial o novo tingimento Top Blue, que conta com um fundo índigo agregado a um corante sulfuroso oliva.

O Duo M apresenta um flamê intenso, também aplicado no Izan. Com Tingimento Top Blue, o tecido ganha um novo toque em sua composição, tendo elastano em sua composição, sua elasticidade regular chega à 53%.

Vale destacar que, além do Top Blue, a Cedro Têxtil lançou outros dois novos azuis na coleção: o Night Blue e o Dark Blue. Mais fechados, os tingimentos oferecem diversas possibilidades de lavanderia e, se usados na tonalidade original, trazem construções cujos efeitos visuais imprimem sofisticação e elegância.

Ainda entre os lançamentos denim, o Minelli ganha uma atenção especial devido ao seu acabamento. “É um poliéster com texturização que remete o toque do algodão. É um tecido que se percebe o poliéster por conta do brilho, mas o toque é diferente, é possível sentir a maciez”, explica o estilista Eduardo Paixão.

A lista de novidades continua com o Foxy II, um tecido visualmente rústico ideal para efeito puído ou em customizações no segmento masculino. Já entre as lavagens mais escuras, as apostas da Cedro Têxtil fica com os tecidos Galaxy e Galvin. Ambos os produtos contam com um acabamento em espuma, onde é aplicado uma película de cor mais intensa sobre o denim, oferecendo um contraste diferenciado.

Apostando em um visual vintage, a Cedro Têxtil incluiu ainda o Ringo entre seus lançamentos. O denim traz o tingimento Pacific – feito basicamente por enxofre –, com um azul mais lavado que remete ao estilo da década de 60 e 70.

Em relação à construção, o grande destaque é o Napoli, tecido de estrutura maquinetada capaz de ser utilizado dos dois lados. Quando virado do avesso, o denim apresenta uma textura semelhante à da malha piquet – sem deixar de ser um tecido plano.

Cores em alta

Em contraponto aos azuis do denim, a Cedro Têxtil aposta nos tons terrosos em sua linha colours. O Pantone do ano, Living Coral, se destaque entre as novidades. Além dele, a paleta dos produtos de sarja conta com as cores: Seda, Canela, Actínio, Edvard, Marron, Joanne, Hanna, Azedinha, Storm, Perséfone e Fúcsia.

A largura dos tecidos coloridos também ganhou uma atenção especial na Cedro. A fabricante apostou em versões mais largas das suas quatro bases 100% algodão. Os tecidos passaram de 1,60 para 1,68 metros no Chino Ii, Nashi e Cristal Ii, e 1,70 no Pita 7.

Fonte: Thaina Barros | Fotos: Equipe Guia JeansWear