Com o tema Create Tomorrow a WGSN apresenta macro tendências para 2017

A WGSN promoveu nos dias 14 e 15 de abril a 23ª edição do WGSN@SPFW com o tema “Create Tomorrow” (crie o amanhã).
Nesta edição, o objetivo é fornecer conhecimento para a criação e comercialização de produtos e serviços, com foco em criatividade e inovação, com a presença de diferentes palestrantes abordando o assunto.


A VP Executiva da WGSN, Letícia Abraham, apresentou as macro tendências para 2017 com foco no consumidor. A principal frase sobre o momento em que estamos vivendo agora é “The Future is Now” (o Futuro é agora). Aquela imagem de robôs e naves espaciais que haviam projetado exatamente para essa época, como um futuro distante, não tornou-se realidade. E, o importante é não aguardar grandes transformações, faça a sua mudança agora, enxergando as coisas de um jeito diferente. Confira os temas.


Elemental – os ressignificadores: aqui o caos se sobrepõe à ordem com um bombardeio de informações e, novidades em tecnologias onde a introspecção torna-se uma alternativa, com uma reflexão sobre o real significado das coisas e a busca por conexões reais. A formalidade perde espaço para a criatividade, modificando a forma de pensar. Muitas pessoas se apoiam em religiões, design e espaços diferentes.


Artisan – co-criadores: o espírito “faça você mesmo” transforma-se no “faça você mesmo juntamente com outros”, democratizando a criação que antes era individual e hoje alimenta o coletivo. É o lado humanno dentro da avalanche digital.


Remaster -editores do tempo😮 futuro chegou, o que era fantástico virou realidade e, não existem mais desculpas para fazer acontecer aqui e agora, vivendo de um jeito diferente, mesclando realidade e fantasia, opulência e cotidiano. Aqui a pergunta é: como podemos fazer diferente?


Off Beat – exêntricos -a falta de novidade gera desinteresse por isso é preciso quebrar rituais antigos, seguindo uma dose de escapismo para aumentar a felicidade e se divertir no dia a dia, onde a sobrecarga de informação gera stress. Brincar surge como uma necessidade para desacelerar a mente e aliviar.

VANESSA DE CASTRO | FOTO: REPRODUÇÃO