Cult of Individuality no caminho do sucesso criativo

Um clima underground de fim de festa ou fim de show. Esse é o Inverno 2017 da marca Cult of Individuality que desde 2009 cria um jeans único, individual, exclusivo e inovador onde as raízes do denim são muito importantes, tão ou mais que a própria personalidade de cada consumidor. Uma moda jovem, revolucionária e atemporal feita por quem realmente é apaixonado pelo segmento jeanswear.


Seguindo nessa trilha o tradicional e o moderno andam juntos com referências rockers e muito trabalho em lavanderia que ressaltam o black denim totalmente manchado como flocos de neve ou com efeitos agressivos com rasgos exagerados, puídos em pontos localizados ou em uma profusão de detalhes que mesclam-se à costuras formando um lindo zigue-zague. O contraste de luz e sombra ou claro e escuro também chama atenção nas bases que chegam aos acinzentados. Ainda em lavanderia destacamos os respingos de tinta e estampas à laser com figuras como penas.


Os resinados e o couro não poderiam faltar nessa tendência que tem tudo a ver com música, rebeldia e a irreverência dessa moçada que gosta de se destacar em meio à sua tribo. Jaquetas no denim com marmorizados ou mais clean complementam os looks onde surgem ainda camisetas desgastadas e botas para eles e para elas. Já o couro faz parte das faixas laterais das calças e também pode ser usado como pano de fundo em patches recortados. Para as peças mais limpas como as skinnies na sarja surgem detalhes como joelhos marcados com efeito matelassado.


Já no estilo grunge dos anos 90 as camisas xadrezes ganham sobretingimentos assim como o denim bruto em contrastes interessantes. E, quem disse que o liocel, super limpo e com brilho não entra nessa história toda? Ele surge na camisa masculina e confere um toque diferenciado no casaco de lã xadrez totalmente despojado. E, que tal incrementar o colete deles usando do lado avesso com forro de lã aparente no black denim manchado tanto no top quanto no bottom? Tudo junto e misturado mas com uma história, uma coerência e uma tendência simplesmente original.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: REPRODUÇÃO