Desfiles no Novo Brás mostram avanço das marcas na região

O Brás nunca mais será o mesmo depois de todas as ações que vêm permeando o bairro mais querido do Brasil, quando falamos em atacado. Pessoas de todas as partes do país reabastecem suas lojas no comércio da região que atende diferentes públicos e estilos e mantém inúmeras marcas do segmento jeanswear que entregam produtos de qualidade a preços acessíveis.

Ações como os desfiles apresentados no Mega Polo, o Denim City, que irá sediar diferentes projetos entre eles educacionais, e agora o Novo Brás. O evento idealizado por Robi Spatti e Augusto Rezende, sócios da GFTR – Glam Fashion Team, aconteceu entre os dias 10 e 12 de setembro movimentou a região com desfiles de mais de 44 marcas.

Além disso, o evento contou com estandes dos mais importantes players do mercado como Canatiba Têxtil, Lycra®, Capricórnio, Cedro Têxtil, Eberle, Focus Têxtil, Icla, Santanense, Tecnoblu, Vicunha Têxtil, Visual Etiquetas, Estilize e até mesmo o Denim City, que coloca o bairro em destaque no mundo da moda.

O primeiro dia contou com a presença da top Renata Kuerten que desfilou pela Canatiba, uma das patrocinadoras master do evento com looks desenvolvidos por Robi Spatti.  O prefeito Bruno Covas marcou presença no segundo dia e, assistiu ao desfile da marca Nicoboco.

“Gostei muito da iniciativa do Novo Brás e espero que nas próximas edições a prefeitura possa apoiar e contribuir com o crescimento e o fortalecimento do evento”, declarou Bruno Covas.

Novo Brás vem focado em criar uma nova identidade para um dos principais polos atacadistas de moda do país e, tem como objetivo fomentar os negócios e levar o que há de mais inovador entre as tendências para o Verão 2020.

“Para uma região se revitalizar e se manter viva, ela precisa dar a cara pra bater, na linguagem popular, e é esse o nosso objetivo. Nós fizemos uma reunião, vieram praticamente, todas as grandes empresas do Brás, e principalmente aquelas que sabem dessa necessidade do bairro. O nome Novo Brás significa a mentalidade, e não a região”, disse Robi na abertura do evento.

“Temos um produto onde muito consumidor ou lojista não conhece ou se conheceu, perdeu a identidade, não sabe mais que existe. Então, o objetivo desse evento, que vai virar anual, em seguida, semestral, é apresentar para o lojista que já conhece e para o novo consumidor que cresceu, que aqui é uma região que causa desejo em termos de moda”, completou.

As marcas Ma Che Bella, Xtra Charmy, Biotipo, Canal da Mancha, Tripé, Lemier Premium, Shyro’s, PRS Jeans, Ecxo Jeans, Versão A, Klepton, Rock Soda, Moça Flor, Navaratti  e Diálogo foram os destaques do primeiro dia. Já nos segundos, nomes como Sawary, Black Jeans, Mokkai, Folky, Thipton e Transmissão Jeans brilharam na passarela.

O segundo dia, inclusive, teve como destaque a realização de um “Talk sobre Compras” voltado diretamente aos compradores presentes no evento. Mediado por Lú Ribeiro, o debate buscou compartilhar experiências entre os profissionais e ofereceu flores à todos em seu término.

Conheça as principais tendências apresentadas nos primeiros dois dias da Novo Brás:

Xtra Charmy: A marca com foco no plus size abusa dos efeitos destroyers em shortinhos, calças, macaquinhos e salopetes com barras desconstruídas, bigodes, rasgos, puídos, além de detalhes como o cinto em denim e botões dourados.

Biotipo: A limpeza das peças se faz presente em diferentes lavagens onde surgem também amarrações do próprio tecido. Destaque para as calças cropped, flare, capri e os shorts com frisos laterais ou aplicações de brilhos nas skinnies.

Canal da Mancha: O jeans repleto de brilhos, total descarregamento de cor e mistura de lavagens chama atenção na marca que aposta em croppeds, tops, clochard com suspensórios e a saia longa com metalizados e fenda frontal. Destaque para os colors verde limão e amarelo. Para ele a calça jogger ganha elástico na barra e zíper no bolso.

Tripé: Os detalhes fazem toda a diferença aqui onde entram muitas calças flare que ganham ilhoses, mix de lavagens, bordados florais ou patchworks na barra, entre outras interferências. O conceito de alta costura e upcycling se misturam em lindos vestidos com mistura de tecidos, volumes nas mangas, brilhos, babados, decotes, pedrarias e reservas de cor. Eles usam camisas no liocel, bermudas cargo, macacão cropped, calças com desfiados e camisas com efeitos degradés.

Lemier Premium: Exatamente como o nome diz, aqui o jeans ganha status de luxo com peças que ganham muitos brilhos, franjas, correntes, vazados e bordados. As rendas e pedrarias se destacam juntamente com efeitos useds. Para eles surgem jaquetas com puídos, desfiados e reservas de cor e muitas bermudas no denim bruto ou color!

Rock&Soda: A modelagem slim se sobressai na marca masculina onde entram tons como o rosa claro, verdes, cáqui, bege e marrom. As bermudas surgem com a barra virada ou mais alongadas, abaixo do joelho. Já as calças ganham interferências useds bem discretas. O denim bruto vem no azul vivo, com toque suave e costuras aparentes, enquanto as skinnies podem ser trabalhadas no shape cropped e ganham ziperes nas laterais.

Transmissão Jeans: As aplicações foram um dos principais destaques da coleção, com pérolas e pedrarias aparecendo em diferentes peças jeans.  Correntes e detalhes ripped sugiram em coletes de lavagens claras, enquanto as calças contaram com modelos cropped acompanhadas de estampas florais em camisas e cores neon, que marcaram o tom Verão do desfile.

Black Jeans: Em alta na temporada, as calças e shorts clochard foram a grande aposta da marca. Com um clima praiano se sobressaindo entre as peças, o jeanswear apareceu em lavagens claras e contou até mesmo como tie dye. O white denim não foi deixado de lado em modelos flare, assim como um vestido salopete, destaque no segmento plus size.

Sawary: Figura carimbada da marca, o jeans skinny stretch foram os protagonistas da coleção apresentada pela marca. Contudo, tiveram que dividir espaço com calças e shorts clochard – com modelagens mais justas. Peças destroyed e com lavagens estonadas também se destacaram.

Folky: As franjas “detonadas” em barras, tanto em calças como em tops, chamaram atenção entre os looks expostos. No desfile, os detalhes ganharam deram um tom a mais as peças, sejam eles brilhantes ou destroyed. As estampas, mais uma vez, se uniram à lavagens delavé nas composições.

Thipton: Para a época mais quente do ano, os vestidos foram a principal aposta da marca. Há mais de 20 anos no mercado, a empresa trouxe modelos salopete e com babados entre seus principais destaques, além de investir em saias clochard e shapes que trazem a sensação de leveza em suas peças jeans.

Mokkai: Uma pegada streetwear, com direito a neon e cinto oversized, marcou a coleção da marca. Os shorts vieram em modelagens cargo, enquanto o white denim veio em jardineiras de fit slim. O look de abertura na passarela também chamou atenção ao contar com um macacão jeanswear curto, tendo como principais detalhe uma amarração na cintura.

Fonte: Vanessa de Castro e Thaina Barros | Fotos: Divulgação