Do salame ao denim elástico totalmente biodegradável

Foi-se o tempo que “respirar moda”, olhando o têxtil, trazia a inspiração para a atualização de uma coleção. Hoje, especialmente no denim, a renovação pode ser invisível e a melhor referência para transpor um produto a um patamar mais elevado provavelmente vai estar além dos domínios do estilo. Talvez até, esteja na comida. Ou em uma loja de delicatessen.

E foi justamente desta forma que nasceu a mais recente inovação em termos de sustentabilidade no segmento: o primeiro denim com bio-elastano 100% biodegradável.

Coreva Stretch é o nome do novo ingrediente que proporciona essa qualidade, que já vinha sendo estudado há quatro anos, e nada mais é do que a mesma fibra vegetal que envolve o salame. Atualmente, ele está sendo o principal chamariz da coleção “Life is Movement”, da Denham, uma edição especial limitada e numerada de Denim Selvedge que inclui o novo bio elastano na composição.

De acordo com declarações da marca e tecelagem, a tecnologia reproduz o efeito dos elastômeros de petróleo sem comprometimento da elasticidade, retorno e durabilidade. Há ainda a vantagem de ser totalmente livre de plásticos e micro plásticos e culminar em um componente biodegradável quando combinado ao algodão e outros biomaterials.

Alberto Candiani, conta que teve o insight de que o material poderia ser usado no têxtil enquanto estava realizando compras em uma loja de delicatessen, e relacionou as fibras da membrana que envolvem o alimento como um material potencialmente interessante.

Junto aos fornecedores, aplicou ao material um processo de vulcanização inteligente para tornar a titulagem da fibra adequada, sem comprometimento da sua elasticidade e demais propriedades. A tecnologia, foi agregada de forma intrínseca ao fio de algodão antes da transformação no tecido denim.

Na coleção atual, o material foi aplicado nas versões 13 e 15 oz. Contudo, Alberto Candiani já anunciou que em 2020 serão lançados pesos leves com a composição.  Lavagens e acabamentos foram customizados para alinhamento ao novo tipo de produto.

O novo denim bio-elastastico está disponível na variedade selvedge como uma seleção de Selvedge bio-elastic exclusiva da coleção “Life is Movement” da Denham. O sortimento inclui edições de jeans numerados e limitados.

O resultado, por enquanto, é 30% mais caro do que o elastano convencional, porém a longo prazo através da produção em larga escala e otimização do próprio processo a Candiani vislumbra metas tornar o Coreva Stretch equivalente aos materiais atuais, em termos de custos.

Ainda de acordo com Alberto Candiani, a inovação não atende apenas o pré-requisito sustentabilidade, mas também cumpre os ideais de performance atuais e não solicitam cuidados especiais por parte do consumidor final sendo sua longevidade e durabilidade equivalentes à do jeans 100% algodão.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução