FIT apresenta as novidades para o Inverno 2018

Aconteceu entre os dias 3 e 5 de novembro a 50ª FIT 0/16 – Feira Internacional do Setor Infantojuvenil, Teen e Bebê, reunindo cerca de 100 expositores nos segmentos de vestuário, acessórios de moda, puericultura pesada como carrinhos e móveis infantis e leves – chupetas, enxoval, entre outros. Os visitantes puderam participar de palestras sobre mercado e desfiles das marcas infantis e teen. Segundo a ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), são vendidas cerca de 1,5 bilhão de peças infantis por ano e a associação prevê uma crescimento de 2% no varejo de vestuário geral, para esse ano.

O coordenador de moda do evento, Norberto Arena levou para a feira o primeiro Forum de Tendências FIT 0/16, Arena Bureaux e Promostyl Paris – o mais importante Bureaux de estilo do mundo, com as tendências da estação. Ele destaca para a temporada, o ativismo como palavra de ordem, com foco na sustentabilidade, e uma nova maneira de produzir e consumir. “O desejo de estar bem rodeia os ambientes sonoros, clubísticos, balneários e campestres que uso o meio ambiente como um porto seguro para demonstrar sua própria macro exibição. Tudo é pensando em detalhes para fazer o bem e gerar paz interior e exterior, na verdade um gigantesco compromisso com o bem-estar coletivo que se tornou uma emergência global. Uma ampla corrente está empenhada em uma nova origem e estética urbana onde mais e mais consumidores vão se tornar pessoas criativas para fazer, a partir daí, uma nova época em que o desperdício poderá se tornar um elemento valioso”, afirmou Norberto.

“As pessoas querem estar bem com o meio ambiente e, por isso, estamos verificando que acabou o desperdício na produção de roupas, é importante ter consciência de que cada centímetro de tecido é valioso”, destacou Norberto. Além disso, ainda de acordo com o consultor, o conceito mais marcante nessa tendência se reflete em peças modestas, mas que mostram conforto. O forte está no lado urbano, com acessórios com funcionalidade prática. Arena recomendou aos lojistas presentes na palestra que o desafio é tentar se antecipar no desenvolvimento das coleções, com criatividade e pesquisa. “Não se faz moda pesquisando na internet, porque o que existe lá são modelos que já não têm mais importância comercial”, ressaltou.

Confira as novidades das marcas que se destacam pelo jeanswear diferenciado.

Daya: A marca com sede em Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte, traz a brasilidade como característica principal onde entram todo as cores e imagens riquíssimas de nosso país. Muitas estampas surgem inspiradas em pinturas de artistas da região e todos os temas falam do Brasil.

Para meninos e meninas de 2 a 16 anos podem ser encontrados muitos vestidos e bermudas em algodão, além do jeanswear que não pode faltar na composição dos looks. Aqui ele vem com muito elastano e aspecto moletom em jaquetas e coletes com esbranquiçados, blazers, calças. Shortinhos, saias e bermudas ganham tons como azul vivo, amarelo e mostarda, alguns surgem com desgastes. As peças também invadem a tendência militar com camuflados. Destaque para os manchados no black denim e os bordados florais e aplicação de paetês.

Calvin Klein: Além dos colors sempre presentes na marca, tanto para os meninos quanto para as meninas de 2 a 16 anos, a marca traz tonalidades de vinho e uva que se destacam no Inverno. Além disso as peças utilitárias como casacos e jaquetas em sarja fazem sucesso com mistura de tons e estampas camufladas.

Para as garotas há ainda uma linha com estampas abstratas nas cores da bandeira americana. Em lavanderia surgem puídos, respingos de tinta, bigodes e esbranquiçados.Segundo Livia Cavani, supervisora comercial da marca, o jeans corresponde a 50% das vendas no Brasil.

Spezzato Teen: A marca traz diferentes temas para as meninas como o Abstrato onde entram pinceladas orgânicas e figuras geométricas, Peru no estilo folk, New York Disco com inspiração nos anos 70 onde entram grafismos, gravataria, listras e muito brilho, além da moda de rua esportiva.

O jeans surge em modelagens confortáveis – retas ou mom e, a flare no bruto ou azul médio com barra recortada. Nos shorts podem ser trabalhados bordados, desfiados, rasgos e bigodes.

Disnep: Pela primeira vez na feira, a Disnep que mantém sua sede no Brás, pretende atingir o Brasil inteiro através de multimarcas. Eles estão há 23 anos no mercado mas vendiam somente no formato PL para magazines e atacadistas. Utilizando os tecidos Canatiba, sempre de primeira qualidade, a marca aposta nos detalhes diferenciados para meninos e meninas de 1 a 16 anos.

Para os garotos entram desde os camuflados até as camisas, jaquetas, macaquinhos e calças em diferentes lavagens e com muitos efeitos destroyers como rasgos, puídos e manchados. Para as garotas, os bordados, aplicação de pérolas e aviamentos personalizados chamam atenção, além dos colors como verde militar, rosas, vermelho e amarelo.

FONTE: Vanessa de Castro | Fotos: Equipe Guia JeansWear