Freitag lança primeiro jeans 100% compostável

O que seria mais improvável de acontecer na realidade: um jeans com

cara de jeans que não é feito de algodão e é absolutamente biodegradável ou alguém

conseguir vestir uma calça em pleno galope de um cavalo mustang, durante o processo

de doma?



As duas situações parecem impossíveis, mas são reais e ilustram um lançamento que

promete influenciar tanto manufaturas de tecidos, quanto a forma de trabalhar

sustentabilidade no segmento denim. O produto pioneiro é o primeiro

jeans 100% compostável, o qual leva a assinatura e a patente da companhia Suíça

Freitag, com sede em Zurique. Empresa renomada na confecção de

bolsas e acessórios, que já possui currículo no quesito sustentabilidade devido ao

reaproveitamento da lona de caminhão em suas peças, a Freitag já havia lançado roupas

biodegradáveis no ano passado, e ganhou notoriedade quando lançou no mesmo ano o

tecido “F­Abric” que é também 100% compostável.



Para manter a evolução em sua linha de produtos, a empresa pegou carona na

alta do segmento denim e lançou o modelo E500, um five pockets

com costuras reforçadas para resistir ao uso. Enquanto o tecido da peça atende

aos mais altos padrões e normas de sustentabilidade através da capacidade

de se decompor em contato com o solo, os metais dos botões e rebites

seguem a ideia de reaproveitamento, já que a empresa os reutiliza. Daí o

anúncio de que a peça é completamente eco-­friendly.



Para reproduzir o visual índigo da calça convencional e cumprir a missão eco-­friendly, a

Freitag apostou no abandono da matéria prima convencional,­ o algodão,­ para

interpretar a five pockets na singular composição 81% de linho e 19% de

cânhamo. De acordo com a companhia, o resultado desta mistura

apresenta notáveis qualidades anti-­bacterianas e de termo­regulação contra

umidade, proporcionando conforto superior.



Mas se as referências icônicas são abandonadas no quesito composição, no

visual da peça e na campanha de divulgação do produto,

elas são lindamente atendidas, através de um vídeo sensível, onde um cavaleiro e

uma amazona vestem o modelo lançado pela marca equilibrando-­se durante uma

cavalgada que representa o ciclo da vida. Com a imagem da transformação de um

mustang da condição selvagem para a doma que mantém a liberdade, a campanha

cumpre a tarefa de comunicar sustentabilidade, através de um lifestyle profundamente

relacionado ao jeans original.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO