Indústria Têxtil e de confecção gera 15 mil empregos em dez meses

Entre os últimos meses de janeiro e outubro, a indústria têxtil e de confecção criou 15.010 vagas. O levantamento foi apontado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

O resultado de 2019 até aqui reverte o desempenho do acumulado dos dez meses no ano anterior, quando foram fechados 2.114 postos de trabalho.Somente no mês de outubro, foram 517 novos funcionários contratados com carteira assinada no setor. No mesmo período em 2018, 256 vagas foram fechadas.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), o resultado positivo do período pode ser interpretado como um leve indício da esperada recuperação da economia. Porém, a associação também ressalta que não é possível afirmar que o saldo de empregos para o ano será positivo. Isto porque ocorrem ajustes nos meses de novembro e dezembro.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução