Inspiramais: Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade são as apostas da edição 2020_I

E começou o Inspiramais 2020_I – Salão de Design e Inovação de Materiais, entre os dias 15 e 16 de janeiro, em São Paulo, reunindo as principais novidades em materiais para os segmentos calçadista, acessórios, joias, móveis e vestuário.  Texturas, tecidos, aviamentos, cartela de cores, enfeites e, muito mais, puderam ser conferidos pelos visitantes do mundo todo. O evento contou ainda com a Conexão Inspiramais sob a coordenação do estilista Walter Rodrigues e o apoio da Apex-Brasil, onde as empresas recebem curadoria para a criação e desenvolvimento de materiais inovadores em design e tecnologia para a estação. São mais de 900 novidades em materiais.

Conexão Criativa e Comercial, realizada pelo SEBRAE tem por objetivo, contribuir com o reconhecimento e valorização da Moda Brasileira, mesclando a diversidade e a riqueza do design e do artesanato brasileiro voltado ao desenvolvimento de componentes, conectando-os com o mercado. O Inovamais, também com apoio do SEBRAE, faz a integração com a tecnologia e a sustentabilidade. Os participantes ainda puderam conferir o Preview do Couro, já com tendências para o Inverno 2020, o + Estampa com o desenvolvimento de novas padronagens e, Referências brasileiras, na criação de produtos com um olhar sobre as referências do Brasil.

“O Inspiramais marca o início das criações dos setores calçadista, confeccionista, moveleiro, de joias e acessórios, apresentando o lançamento de mais de 1000 materiais desenvolvidos por empresas focadas no mercado da moda. Este Salão impulsiona o desenvolvimento de produtos genuinamente brasileiros e possibilita acesso a compradores nacionais e internacionais, o que gera negócios para a indústria e leva informação qualificada ao mercado”, comenta Milton Killing, Presidente da Assintecal.

Durante os dois dias são esperados 7 mil profissionais do setor – de diretores a estilistas e designers, departamentos de criação das principais indústrias nacionais e compradores de toda a América latina, EUA, e países da Europa e Ásia. A importância do Inspiramais para todo o chamado Sistema Moda Brasil é marcada pela construção para unificar toda a linguagem de produtos com referências genuinamente brasileiras, criando uma identidade para a indústria nacional e se diferenciando em todo o mercado interno e internacional.

“Temos uma força e referência muito grande com produtos legítimos e de qualidade – depois de quase 10 anos promovendo o projeto, as cadeias produtivas estão alinhadas e buscando essa identidade aos produtos produzidos no Brasil. Países como Peru, Argentina, México, por exemplo, cada vez mais dão preferência as matérias primas do Brasil, por trazem design diferenciado aliado à tecnologia, conforto e materiais diferenciados. Estamos levando, literalmente o país para o resto do mundo”, conta Ilse Guimarães, superintendente da Assintecal – entidade responsável pela construção do Inspiramais.

Nessa edição, o Guia Jeanswear promoveu a palestra DNA da Marca X Processo Criativo com a consultora Priscila Locatelli, onde foi abordada essa nova era em que estamos vivendo e as novas perspectivas que influenciam na criação de moda.

TENDÊNCIAS

Dentro da Conexão Inspiramais, a pirâmide de tendências traz a seguinte divisão: 10% – criação autoral, busca pelo novo, 30% aposta – processo e 60% –  tem que ter, o que já está sendo trabalhado,, massificação, confira os principais comportamentos para essa edição.

10% – PLAY: não é mais sobre produtos, falamos sobre pessoas. São elas que importam. Com o varejo cada vez mais virtual, o grande desafio é entender o presente, para que as marcas produzam algo para amanhã sem perder seu brilho e sua história. Produtos devem encantar e transmitir otimismo. Cada vez mais se torna importante a palavra sustentabilidade. Aqui, o PLAY tem dois significados – maneira divertida de interpretar a moda e, também estartar novos movimentos para impulsionar o presente rumo ao sucesso. O produto final, reconfigurado é muito importante.

30% – ALQUIMIA: matérias inspiradas na ficção científica e, texturas não naturais andam juntas, assim como tecnologia e natureza, tudo direcionado à produtos funcionais e que despertem desejo.

60% – TEATRAL: exagero decorativo, overdose de identidade folclórica, volumes, bordados, tiras, fitas inspiradas nas vestimentas tradicionais de diversos povos e imigrantes, folk, barroco e teatral. Os produtos são maiores e estruturados.

LANÇAMENTOS

Confira as novidades de algumas empresas que estiveram presentes no evento.

ITM: aposta no denim listrado, com texturas ou lisos em diferentes nuances, em algodão e poliéster, que não precisam ser lavados, não desbotam, e não encolhem, ideais para quem faz acessórios como sapatos e bolsas. A tecelagem ainda traz os algodões 100% reciclados, que podem vir no PT ou na cor que o cliente preferir. Já a poliamida de alta tenacidade, é biodegradável, demora menos de três anos para se decompor no meio ambiente, é resistente a rasgos e pode ser usada em diferentes produtos.

Rhodia: apostas nos cabedais, solados e tecidos técnicos biodegradáveis.

Altero: com mais de 40 anos de história, a empresa oferece metais e pedrarias, com destaque para as peças em flores, pérolas, pedras coloridas e, que passeiam entre os estilos urbano, rebuscado, clássico e jovem. Os tons variam do amarelo, roxo, rosa até os terrosos, azuis mais escuros e verde floresta.

Nova Kaeru: a empresa trabalha com peles exóticas como a manta de pirarucu com tingimento inspirado no denim.

Castanhal: a companhia têxtil, maior fabricante de produtos de juta do país, está lançando 18 novos fios, entre os tintos, engomados especiais, bouclés de juta com algodão reciclado, multifilamentos com fio sintético e telas estampadas.

A linha completa da Castanhal é reconhecida por ser composta de produtos ecológicos e amigos da natureza, uma vez que os fios de juta são biodegradáveis, quando descartados se desintegram rapidamente sem deixar qualquer resíduo no meio ambiente.

Ecosimple: há quase 10 anos de mercado a empresa é especializada em tecidos sustentáveis e, trabalha com algodões reciclados e garrafas pet. A cada um metro retira-se oito garrafas pet do ambiente e 480 gramas de aparas. Todo esse processo é realizado na fábrica que atende ainda grandes redes varejistas como a Renner, que lançou recentemente a linha Re-Jeans.

No segmento jeanswear oferecem desde tecidos mais leves até os encorpados e, que podem ser utilizados para a moda, calçados, acessórios e móveis.

Britânnia: a empresa apresenta sua coleção para o Verão 2020 unindo criatividade, inovação e, design em peças que trazem texturas, listras, metalizados, aspecto jeans, coloridos orientais, acessórios espelhados, fitas étnicas, entre outros.

São cinco temas para a estação: Luz da Manhã – aposta em fitas drapeadas com brilho e transparência, renda, laços e fitas metalizadas seguindo essa inspiração solar, com frescor e leveza. Impressionismo – remete a um estilo de vida leve e, cores botânicas como azuis, verdes e lavanda, com uma pegada floral e influência aquática. Aqui entram fitas jeans, tressê com aspecto jeans, fitas e flores de organza. Magia do Deserto – traz o Oriente Médio como inspiração em tons terrosos, laranjas e neutros em fitas e laços naturais, com toque artesanal, crochê franjado, pingentes e cordões. Côte D´Azur busca inspiração num resort luxuoso tropical, com fitas e laços de gorgorão listrados e elásticos com fios metalizados. E, por fim, Shiva – que mescla jovialidade, luxo, sofisticação e modernidade em um tema alegre e divertido. Aqui entram pingentes multicoloridos, com guizos e contas metalizadas, aplicações espelhadas, pingentes de pompons com franjas e medalhas.

Brilharte: a empresa de Limeira, no interior de São Paulo, trabalha com rebites, aviamentos com brilhos, esmaltados, plastificados, além de correntes e pingentes.

Hi-Etiquetas: destaque para as fitas e elásticos com aspecto esportivo, etiquetas em tecidos e peças personalizadas.

Fonte: Vanessa de Castro | Fotos: Equipe Guia JeansWear