Lee Cooper muda de mãos

A centenária Lee Cooper, foi vendida ao Iconix Brand Group por 72 milhões de dólares, um negócio que deverá ajudar a empresa norte-americana a expandir a sua presença internacional. A marca de jeans integrará um portfólio de marcas e licenças tais como Umbro e Candie`s, entre muitas outras. 


“Estamos entusiasmados por acrescentar mais uma marca verdadeiramente global ao nosso portfólio e confiamos que, com esta aquisição da Lee Cooper, as nossas vendas internacionais representem já 33% do volume de negócios em 2013”, revelou Neil Cole, CEO do Grupo Iconix Brand. “Com o portefólio de licenças internacionais da Lee Cooper, esperamos reforçar essas novas relações para alargar a nossa presença no mundo”, acrescentou.



A Lee Cooper vem implantando estratégias de expansão em múltiplas categorias de lifestyle, incluindo vestuário casual masculino e feminino, calçados e acessórios. A icônica marca européia opera como um negócio de puro licenciamento, com um grupo de 35 licenciados internacionais, como por exemplo a Landmark no Médio Oriente, e a Future Group na Índia, que deverão gerar receitas anuais na ordem dos 14 milhões de dólares em 2013. A Lee é vendida em mais de 80 países, nomeadamente na Europa, Ásia e Médio Oriente e as suas vendas anuais no varejo são de cerca de 500 milhões de dólares.



Em novembro último a Iconix afirmou estar centrada na expansão internacional, o que representa 40% do seu volume de negócios. Entre as metas, a Iconix pretende continuar avaliando oportunidades de compra. As suas mais recentes operações neste âmbito incluíram a aquisição de 51% da marca Buffalo David Bitton por 76,5 milhões de dólares e a marca Umbro à Nike por 225 milhões de dólares.


VIVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO