Luxo, rotina, street e festa social vestem denim na Vogue Holanda

Denim: luxuoso, corriqueiro, longo, de rua, de festa, de cidade. É com a fusão de todas

estas exigências, que a edição de maio da revista Vogue holandesa

agrupa looks extremamente inspiradores, montados exclusivamente com peças

confeccionadas no material. Mudam-­se as lavagens, os comprimentos, e mesmo as

ocasiões para cada produção ­ mas o jeanswear em suas múltiplas facetas é o tópico

principal.



O editorial mescla peças essenciais, ítens desejo, e interpretações

conceito em uma mesma linguagem. E desta mistura, indica muitas lavagens e

aparências chave para a estação: do denim amaciado ao acinzentado

macio e puído, dos manchados estilo tie­dye às lavagens ácidas. Muitas propostas

usáveis são inspiradoras para elevar o mix desenvolvido no material: como a perfecto em

padrão de zebra, o combo branco abotoado e utilitário, e a jaqueta trabalhada em

triângulos étnicos. Como diálogos principais para o jeans, temos a

camisa branca de gola (pespontada e decorada em tons índigo), e a icônica t­-shirt

branca em comprimento cropped. Nos mix agrupado, temos a jaqueta básica em

volumes ajustados e exagerados, a skinny com gancho longo oitentista, a pantacourt, e a

o colete se sobrepondo à camadas contrastantes de lavagens índigo.



Na proposta do visual luxuoso, a edição de maio da Vogue apresenta

a saia longa em comprimento oversized. O efeito das barras arrastadas, lembrando

celebração e festa social, fica ainda mais evidente nos vestidos com jeitão de alta

costura, também contemplados pelo editorial. Neles, a linguagem do

azul profundo lavado dialoga com elementos streetwear; como o forro conceitual

estampando rostos, as aplicações bordadas inspiradas em longos de festa, e os rabiscos

coloridos lembrando grafitagem.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO