LYCRA® apresenta sua mais nova tecnologia para o segmento jeanswear

A marca LYCRA® apresentou na semana passada sua mais nova tecnologia para o segmento jeanswear. Trata-se do LYCRA® BEAUTY – já utilizado nos mercados de moda íntima e praia e, que agora irá revolucionar o denim modelando as curvas, aliando conforto, super ajuste e manutenção da forma, além de suavizar a silhueta. Aqui a construção com fio LYCRA® T400 (filamento com duas matérias-primas diferentes) estabiliza o encolhimento e o alto stretch, acima de 40%, promove alongamento do tecido e retorno excepcional. O artigo mais recomendado para a tecnologia é a construção cetim, mas também pode estar presente na sarja ou nos tecidos 3×1. A Canatiba, Cedro, Santanense e Santista já estão comercializando produtos certificados na tecnologia LYCRA® BEAUTY.

Segundo pesquisa realizada pela Invista, detentora da marca LYCRA®, as brasileiras preferem modelar em primeiro lugar o bumbum, seguido do quadril, coxas e barriga, buscando sempre o conforto e valorização das curvas. E, para isso a nova construção LYCRA® BEAUTY é perfeita aliando conforto com compressão ideal.

“A inovação para o jeanswear atende ao desejo de 84% das mulheres brasileiras, que em pesquisa realizada pela agência 2CV para a marca LYCRA® em 2016, informaram ter dificuldade de encontrar uma calça que se ajuste bem ao corpo, além de cumprir a premissa de oferecer conforto para as consumidoras”, afirma Silvana Eva, gerente de marketing da INVISTA no Brasil para o segmento de Jeanswear.
As brasileiras são bem críticas na hora de comprar seu jeans e, se encontram a peça ideal, preferem garantir mais de um modelo, além de aceitar pagar mais pelo produto. Elas têm em torno de 9 jeans no guarda-roupa e para uso dentro de casa, preferem o legging, mas se o jeans oferecesse o mesmo conforto, usariam também.

A Beleza da mulher brasileira

A empresa também busca entender como cada mulher busca sua beleza com o objetivo de desenvolver novos produtos que vão de encontro às principais necessidades dos consumidores. Para isso foi apresentada, por Raquel Messias, uma pesquisa sobre a beleza brasileira desenvolvida pela Greye, descobriu-se que 85% delas, acham que toda mulher consegue ser mais bonita. O Brasil é o país onde elas mais investem tempo e dinheiro em beleza e gastam 1/3 do salário com isso. “Acreditamos no nosso poder de transformação”, afirma Raquel que contou que esse estudo busca entender os valores e ir além da beleza.

Segundo Raquel, existem quatro maneiras de se relacionar com a estética.

– Exuberância: ela quer ser notada e não mede esforços e nem dinheiro para ser bonita. Está sempre impecável e bem arrumada, mesmo se for somente para ir à padaria. Conselho para as amigas: “Você precisa cuidar mais da beleza”.

– Conforto: quanto mais natural melhor, onde a beleza é o resultado de um estado de espírito, onde o equilíbrio vale mais. Valorizam marcas que facilitam o dia a dia Conselho: “Relaxa mais amiga”.

– Autêntica: mulher cheia de personalidade, original, é o topo da pirâmide e dita tendências. Faz experiências com novas maquiagens, roupas, estilos, inovando sempre. Conselho: “Você precisa ser mais original, não precisa andar igual a todo mundo”.

-Dinâmica: beleza é disciplina, quer ser a melhor versão que conseguir, superando seus objetivos. É a que mais busca informação antes de comprar um produto de beleza e as atividades físicas fazem parte da rotina. Conselho: Você precisa fazer exercícios, No começo é difícil, mas você vai adorar”.

No Brasil prevalece a mulher que valoriza o Conforto, com 46%, seguida da Dinâmica (24%), Exuberância (16%) e Autêntica (14%). Essa divisão não está ligada à classes sociais, não está relacionada à quanto investem, mas sim como fazem isso. “Descubra como as consumidoras das suas marcas se relacionam com a beleza e fale com elas de uma forma mais apropriada”, finaliza Raquel.

FONTE: Vanessa de Castro | FOTOS: Equipe Guia JeansWear