Mobilidade, desempenho e empoderamento ditam as regras dos looks de Copenhagen

As direções identificadas no visual da moda de rua, muitas vezes superam a mera

recomendação de peças-­chave sortidas. O agrupamento proporcionado pela mais

recente edição da emergente Copenhagen Fashion Week; é uma boa

prova disso. Além de fits, barras, lavagens e combinações ­ leituras inspiradoras para

lookbooks e mesmo lifestyle ideal pode ser obtidas a partir das belas imagens

capturadas.



Uma das referências mais fortes constam na associação da bicicleta às produções mais

urbanas e bem-­sucedidas. O jeans, nestas peças, quase sempre opta

pelo fit reto ­ evidenciando a grande reviravolta que esta modelagem; até então

antiquada no mix do segmento, alcançou: especialmente através das quebras de

pigmento verticais e bainhas conceituais. Os complementos, por sua vez, ostentam

materiais nobres como a camurça; ou refletem empoderamento, através de longos e

responsáveis sobretudos. Em alguns momentos, o casacão aparece em tecidos

térmicos; e noutros, adota o índigo. Mas sempre, com os saltos elevados dialogando com

o sentido de mobilidade do ciclismo urbano.



As barras trabalhadas ainda não esgotaram suas possibilidades; e

agregam jeitão de luxo aos cortes masculinos do jeans; marcados pelo entrepernas reto

e por ganchos longos. Já nas skinnies, o detalhe é mais sonhador, e rodopia em

graciosos jabôs.



A cidade, por sua vez; é palco de desempenho e superação. E para comunicar este

sentimento, o denim adotado nas ruas enfatiza as associações com

peças esportivas; ligando joelhos recortados e desfiados à casacos semelhantes a

agasalhos de boxe. As pantalonas e pantacourts, por sua vez; são

também grandes coringas desta aposta, já que conseguem agregar maturidade aos

agasalhos esportivos com a simples finalização do look em um sapato de salto. Porém o

grande respiro urbano com falas de produção fitness é dado pelo look total denim;

revigorado pelos complementos em tons saturados como o pink.



Mas se a ideia de força pode ser obtida a partir da tendência fitness

relacionada ao jeans; o visual de embate conferido pela referência

militar também reforça, em proposta mais austera, o mesmo espírito de luta. Seu grande

parceiro, neste caso, é o black denim em leitura rígida e masculina;

que se apresenta pronto para vencer os desafios impostos pelo ritmo de vida global.

Confira nossa galeria, e inspire­-se com referências para o Inverno.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO