Novidades em tecnologias têxteis são destaque na feira ITMA 2019

Maior feira de maquinários do mundo, a ITMA 2019 acontece nos próximos dias 20 e 26 de junho em Barcelona, na Espanha. A expectativa é que o evento seja tomado por novidades em tecnologias têxteis, com conceitos da indústria 4.0 em foco, após o anúncio de 1.724 expositores registrados. Esta será a primeira vez que a ITMA ocorre na cidade espanhola desde 2011.

Na exposição, será possível encontrar propostas que vão das fibras ao vestuário, abrangendo toda a cadeia de valor da indústria têxtil e vestuário. O Grupo Truetzschler, por exemplo, deve mostrar tecnologias inteligentes para a preparação da fiação, nomeadamente na área da cardação, com uma máquina que possibilita uma maior precisão e uma redução do espaço da carda.

“Isto nos permite melhorar, de forma mensurável, a utilização de matéria-prima e a produtividade dos nossos clientes, conseguindo ao mesmo tempo uma qualidade elevada e consistente”, afirma Dirk Burger, CEO da companhia alemã.

Vale destacar que a ITMA 2019 contará com diversos fóruns dedicados a temas como matérias-primas inovadoras e tecnologia de produção, inovação estratégica do negócio através da automação e digitalização e produção sustentável de têxteis e vestuário na economia circular.

LXXL Jacquard

A construtora de teares Karl Mayer — que na ITMA ASIA 2018 lançou a sua marca digital KM.ON — tem uma nova ferramenta digital que combina um sistema de PDA com um sistema de senhas para gerir as interrupções na produção de forma eficiente.

Já a Groz-Beckert desenvolveu um sistema de qualidade e gestão do ciclo de vida para as agulhas que permite fazer mais facilmente auditorias e implementar medidas de manutenção preditiva, ao mesmo tempo que reduz o consumo de agulhas até 10%.

Já a Stäubli, que irá expor as soluções para tecelagem e tricotagem em dois stands diferentes, vai apresentar, entre outros, o tear LXXL Jacquard, que permite uma produção de grande formato, que elimina a vibração mesmo a altas velocidades e permite a tecelagem de tecidos pesados. Na área da tricotagem, será possível encontrar duas máquinas para a produção de meias, incluindo com o dispositivo para fechar automaticamente o pé.

A Dornier, por outro lado, irá estrear o novo tear de pinças P2, que permite uma maior produtividade, reduzida manutenção e uma maior flexibilidade e fiabilidade. O tear pode ser adaptado para processar diferentes tipos de fios, para vestuário, têxteis-lar, têxteis técnicos e compósitos de elevada qualidade.

A empresa terá ainda em exibição um tear a jato de ar encapsulado, que possibilita a criação de zonas climáticas controláveis individualmente, ou seja, cada tear pode trabalhar com as suas próprias condições climatéricas, ajustadas para serem ideais ao processo de produção em curso, independentemente do calor e da umidade no resto da fábrica.

Fritz Mayer

Estes fóruns fazem parte da chamada Speakers Platform, que integra o ITMA Innovation Lab, uma iniciativa lançada para promover a excelência na inovação na indústria têxtil e vestuário. “É crucial para a indústria mundial do têxtil, de vestuário e da moda colaborar e partilhar perspetivas e as melhores práticas”, justifica Fritz Mayer, presidente da Cematex (Comité Europeu de Produtores de Maquinaria Têxtil), que organiza a ITMA.

“À medida que o mundo pende para a Indústria 4.0 e lida com os desafios de sustentabilidade, gostaríamos de oferecer a ITMA como uma plataforma inclusiva para todos os envolvidos, para convergir e trabalhar em conjunto e responder aos desafios que enfrentamos no mundo de hoje em rápida evolução. Como tal, convidamos não-expositores, assim como expositores da ITMA, para darmos um maior dinamismo à plataforma”, acrescentou.

Sustentabilidade premiada

Além da inovação e da indústria 4.0, a ITMA 2019 dará igualmente destaque à sustentabilidade, uma área que esteve no centro da última edição, realizada em 2015, em Milão. Como parte deste compromisso, serão entregues os Prêmios de Excelência Industrial ITMA e os Prêmios de Excelência em Pesquisa & Inovação, direcionado para estudantes das instituições de ensino presentes na feira de tecnologia.

Nos Prêmios de Excelência Industrial ITMA, há três nomeados: a Candiani SpA, por um tecido denim feito a partir matérias-primas recicladas e regeneradas; a Levi Strauss & Co, com o FLX Customisation Studio, que permite que o consumidor personalize na loja um par de jeans em menos de duas horas; e a VF Corporation, pela utilização do sistema de acabamento de vestuário Tonello nas marcas de denim Wrangler e Lee.

O prêmio dedicado aos estudantes tem igualmente três finalistas: Mathias Zidda, do Institut Für Textiltechnik da Universidade RWTH Aachen, pelo desenvolvimento de um equipamento de entrançamento rotacional 3D com engrenagem; Pamela Massaccessi, da Universidade de Buenos Aires, por uma embalagem reutilizável para alimentos; e Sarika Sunil Borikar, do Instituto Têxtil e de Engenharia da DKTE Society, pela tese sobre uma abordagem mais ecológica aos pensos higiénicos.

Os vencedores serão anunciados a 20 de junho, o primeiro dia da ITMA 2019.

Fonte: Portugal Têxtil | Foto: Reprodução