Preços e modelagem fomentam a indústria jeanswear

“Os produtores e comerciantes que têm a esperança de aumentar seus negócios no mercado de jeanswear deviam concentrar-se em preços baixos, estilos diferentes e o ajuste certo”, revela o mais recente estudo da Mintel, batizado de Shopping for Jeans.


Segundo os dados da Mintel, mais de três em cada dez adultos nos EUA possuem entre 4 e 6 calças jeans. Enquanto isso, 19% têm 7 a 9 peças e 17% chegam aos mais de 10 calças em denim.


“Apesar de os jeans tenderem a ser um artigo bastante estático no guarda-roupa da maioria dos consumidores, a categoria em si tem sido dinâmica em termos de inovações no estilo, marcas, características e ofertas de produtos em geral”, diz Ali Lipson, analista sénior de mercado e vestuário na Mintel. “Com elementos impulsionadores do mercado, como o ambiente de trabalho mais informal, a epidemia de obesidade exigindo mais opções de jeans de tamanho grande e o crescimento da população hispânica e do seu poder de compra, podemos esperar que esta categoria de vestuário continue crescendo”, acrescenta.


Quase metade (46%) de todos os proprietários de calças jeans questionados para o relatório revela ter gasto entre 25 e 49,99 dólares numa única peça. Além disso, 39% dizem ter gasto menos de 25 dólares, enquanto o valor médio gasto em jeans está ligeiramente acima dos 34 dólares. Este ponto de preço. Esta indicativa de preço é importante para os empresários saberem se querem atingir o mercado das massas.


Além disso, quase 60% dos norte-americanos que compraram calça jeans no último ano adquiriam-na para substituir uma velha ou gasta, enquanto cerca de 35% compraram para atualizar o seu guarda-roupa. Mas para 28% dos entrevistados, simplesmente o fato de gostar dos jeans foi suficiente para desencadear a compra.


Cerca de 19% dizem ter comprado para usá-los no trabalho, o que é uma indicação de que o ambiente profissional estão permitindo um código de vestuário mais casual ou oferecendo um dia de vestuário informal para os trabalhadores, enquanto outros 19% compraram um jeans para usar quando saem.


Os jeans já não são apenas um artigo de roupa casual, mas são usados frequentemente também em ocasiões em que é necessária uma indumentária mais aprimorada. Porém, 42% dos proprietários de jeans afirmam ter dificuldade em encontrar uma calça que lhe caia bem – com 16% dos consumidores dispostos a pagar 100 dólares ou mais por jeans com um bom ajuste. No entanto, 64% dos consumidores dizem que o preço/desconto é o fator mais importante na compra e 71% pensam que a maioria das calças em denim é cara.


“Apesar de muitos consumidores já possuírem vários jeans, existem oportunidades para que comprem peças adicionais, seja para substituição ou para ter uma maior variedade no seu guarda-roupa”, indica Lipson. “As marcas necessitam prestar muita atenção ao preço e a diferentes estilos e modelagens para agradarr a grande base de consumidores para esta categoria”, completou.

PORTUGAL TÊXTIL | FOTO: REPRODUÇÃO