Soluções para descarte de microfibras inspiram inovações no setor denim

Com aproximadamente 35% de microplásticos descartados no meio ambiente procedentes de fibras sintéticas, cada passo para redução desse descarte no ciclo da moda, conta muito. Causadora de impactos negativos a substância está se tornando cada vez mais “mal quista” frente às novas exigências do consumidor que se moldam, especialmente pelo seu efeito massivo em ambientes marinhos e naturais.

O poliéster, responsável por cerca de 60% da composição dos produtos têxteis mundiais – logo um dos culpados por tal rastro – é também um ingrediente de peso no setor denim. Motivo pelo qual tem inspirado atenção das tecelagens, seja pela busca de novas composições, capazes de minimizar seu impacto ou por soluções que interrompam sua trajetória na etapa da lavagem, tanto pelas vias industriais quanto domésticas.

A primeira iniciativa que tocou o dedo nesta ferida foi realizada pela Orta, que neste ano dedicou o premiação do Orta Prize para o bio-processo têxtil Enzer, um processo de filtragem e sistema de tratamento de microplásticos que pode ser acoplado nas máquinas de lavar domésticas do consumidor final, desenvolvido por um time de pesquisadores de uma Universidade.

O filtro possui uma enzima que quebra o microfibra que contém o microplástico. Reconhecendo o potencial para aplicação também nas lavanderias industriais, a fabricante se antecipou em contemplar a inovação vislumbrando nela seu caráter promissor para o setor.

Já na trama do tecido, recentemente foi a Cone Denim que avançou um importante passo lançando na Kingpins uma nova variedade de tecidos cuja inovação principal consistiu na minimização do efeito do microplástico para a temporada Primavera-Verão 2021.

O produto, intitulado Ciclo®, da Intrinsic Textile Group, agrega uma tecnologia têxtil que permite que as fibras produzidas a partir do plástico tais como o poliéster se degradem de forma similar as fibras naturais em ambientes marinhos, estações de tratamentos de água e em contato com o solo de decopostagem. Em tais ambientes, Ciclo se torna uma espécie de matéria de solo e biogás, o qual provem energia para instalações de resíduos.

A coleção de tecidos tem a mesma pegada da variedade do mix de denim elástico S Gene da companhia e é ofertada em diferentes nuances de índigo, sendo compatível também para a aplicação em sapatos, acessórios, t-shirts e calças.

Como denim lovers que somos, nós da equipe Guia JeansWear vibramos com os avanços das tecelagens nacionais e permanecemos em alerta divulgando também os novos passos do mercado têxtil mundial que possam inspirar novas evoluções. Somos entusiastas desse tipo de iniciativa, por isso a propagamos com o intuito de contagiar toda a industria com a mentalidade de que é da necessidade, que se faz a inovação.

Fonte: Vivian David | Foto: Reprodução