Tendência athleisure aparece em queda

Os gostos da geração Z se tornam cada vez mais uma preocupação para o mercado. Em estudo conduzido pela multinacional americana Piper Jaffray, marcas como Adidas, American Eagle Outfitters, Supreme, Vans, Snapchat e iPhone foram as que mais ganharam atenção do público. Por outro lado, quando o foco passa a ser voltado totalmente ao vestuário, as notícias não são animadoras para o segmento esportivo.

Segundo o relatório, a tendência do athleisure se mostra em declínio. Apenas um terço dos entrevistados assumiram que as marcas do segmento se mantém no topo das suas preferências, esmagando os 40% observados há seis meses.

Para membros da geração Z, existem outras tendências que se sobrepõem atualmente à roupa desportiva. Entre eles, se enquadra o denim, o streetwear e “looks de festivais” – algo que reflete na alavancada da marca Birkenstock no top 5 das marcas de calçado favoritas.

Contudo, ainda que o athleisure tenha tido melhores dias no campo do vestuário, o calçado e as marcas de desporto continuam com uma trajetória ascendente e a dominar no guarda-roupa dos Z’s, segundo as estatísticas.

A Nike segue como número 1 dentro das marcas desportivas, enquanto a American Eagle Outfitters manteve-se na vice-liderança com um aumento da quota para 11%. O terceiro lugar ficou com a Adidas ocupou o terceiro lugar da tabela, com 4%.

No pódio dos calçados, a Nike também assumiu a liderança, absorvendo 46% das preferências dos jovens. O valor tem vindo diminuído e, mais uma vez, a Adidas tem-se esforçado por ocupar o território perdido. A marca alemã posiciona-se terceiro lugar, com 11%, atrás da Vans (12%), mas à frente da Converse (7%).

Fonte: Portugal Têxtil | Foto: Reprodução