Tendência Ugly Fashion inspira surgimento de novas marcas

Um certo sentimento de apatia quanto às roupas desenvolvidas em formatos industriais paira no ar. Em substituição, emerge na moda, um forte desejo pelas roupas artesanais. É o que a moda está chamando de Ugly Fashion: quanto mais drástica for a transição entre as roupas reunidas em um mesmo modelo, maior é a leitura de autenticidade reconhecida a partir da criação resultante.

Motivando mais do que meras coleções com traços de reaproveitamento evidentes, a técnica do upcycle ultimamente está transpondo o patamar da estética, elevando-se ao patamar influência de mercado. O cenário abriu espaço para surgimento de novas marcas, calcadas justamente na transformação de roupas que já existem.

Um  destes nomes, que tem ganho visibilidade nas feiras de negócios de moda globais, mídia e mesmo no ready to wear é o designer alemão Duran Latink. Em seu estúdio em Amsterdam, o designer atua como uma espécie de cientista mau, que garimpa roupas com descontos de marcas de luxo e as desconstrói, reunindo-os e criando itens únicos. E é este processo único, anti-estabelecido de moda circular, que o torna tão diferenciado perante o mercado mundial.

O primeiro momento de visibilidade real de Latink, de fato, veio a partir da participação no figurino do estilista no single Pink, de Janelle Monáe – confira abaixo. Duran criou calças com shape em formato de arco, a partir da reconfiguração de roupas de designers de luxo.

A música, acabou ofuscada pelo impacto das suas criações de moda. Depois disso, a Somerset House o convidou para um programa de residência para grandes talentos. Latink também tem se tornado destaque do calendário London Fashion Week: o espaço onde seu desfile ocorreu, imitou sua lógica através de uma decoração reproduzindo diversas logomarcas como se estivessem em desconto e promoção.

Ao descrever seu processo criativo, o designer menciona Picasso e sua lógica de desconstrução. Mas podemos ler muito mais tendências a partir da visibilidade que o estilo de Latink tem tomado: em tempos onde uma roupa usada parece ser uma escolha mais sensata, e a mensagem descartável do fast-fashion causa má impressão, nenhum manifesto fashion poderia provocar mais admiração do que versão reciclada, popular e única do luxo e da ostentação.

Fonte: Vivian David | Fotos: Divulgação