Tons apastelados e muita festa

A última noite da Casa de Criadores foi marcada por uma moda usável, com muitas estampas, tons pastéis e o show de Walério Araújo que sempre encerra os desfiles da temporada com muitos aplausos.

Gustavo Silvestre

O estilista pernambucano resolveu voltar í s suas origens, mais precisamente ao Carnaval de Olinda, com blocos de rua e todas suas cores e brilhos.


í‰ uma coleção para a mulher feliz, animada e segura.


Tons vivos ao fundo e trombetas anunciam peças confortáveis, com volumes ou super justas como os leggings que misturam estampas gráficas e brilhos.


Aliás, essas estampas em tons de vermelho, amarelo, verde e preto, além do vinho e verde escuro, permeiam boa parte do desfile, em macacões, calças no estilo Alladim, vestidos fluí­dos e batas em diversos comprimentos.


Os jeans surgem no short com desfiados, nas calças mais justas como no modelo com recortes em vinil, mistura de lavagens na peça masculina, em vestidos justos com lindos trabalhos de patchwork ou mistura de brilhos, estampas e franjas.


Destaque para o Denim totalmente lavado e amarelado, super destruí­do, com rasgos e furos.
Os acessórios como mochilas, bolsas e sacolas também ganham diferentes lavagens em jeans.

Arnaldo Ventura

O estilista buscou referências do mar, pescadores, Iemanjá, com um toque de ífrica.


As modelagens são duras, leves e dramáticas, com uma cartela de cores enxuta.


Tudo isso se resumiu em projeções do fundo do mar no telão e na passarela e lindos ternos desconstruí­dos com blusas e camisas fluí­das nos pescadores de Arnaldo.


Tons de branco e bege em sarjas de algodão, tecidos adamascados e com anarrugas deixam os homens modernos e chiques.


Já as meninas mergulham em águas profundas e trazem de lá lindas estampas que remetem ao tema nos tons de cinza e verde em saias e vestidos estruturados ou leves. Em seguida, sereias passeiam com esvoaçantes vestidos no turquesa mais escuro, que ganham drapeados e ares de deusas gregas.


O estilista também apostou em modelos que imitam escamas de peixe. Tudo em tecidos nobres que podem muito bem desfilar em alguma festa.

Danilo Costa

A coleção do estilista foi inspirada no tema Sommer Love, onde o amor surge nas peças que se destacam pela linda cartela de cores que passeia pelos tons apastelados de verde água, lilás, amarelo, cinza, laranja e branco.


Os homens vestem macacões e shorts de cortes secos, mas com volumes nos bolsos, blazers e coletes, tudo em sarjas acetinadas e, botões dourados. Eles ainda usam sungas com estampas de í¢ncoras, que também surgem no maií´ e biquí­ni feminino.


Para elas mini lapelas, coletes, shorts clochard e calças com a barra enrolada.


As camisetas faziam referência ao tema (amor) ou a motivos náuticos.

Karin Feller

Como num gostoso pic nic de fim de tarde em uma casa de campo, a estilista Karin Feller trouxe uma moda romí¢ntica em tons suaves.


Desta história surgem enormes laçarotes na cabeça, muitos babados em vestidos, sainhas e shorts.


Os volumes vêm nas mangas, saias e vestidos com gomos. Ponto para os modelos em sarja, alguns com mistura de tons formando um patchwork e, dispensáveis as peças em malhas molengas, que vieram em batas, vestidos e leggings com estampas lúdicas.

Walério Araújo

E vai rolar a festa…….


Comemorando seus 40 anos, o estilista organizou sua coleção Walério 40 graus.


E de que é feita uma comemoração? Amigos, boa música, e para ele, homens musculosos e bonecas-bailarinas dançando em meio aos convidados.


Minha coleção fala do desejo de criança, coisas da infí¢ncia como brigadeiro, bexigas…..


E, ao som de Parabéns a Você estilizado, surgem os ilustres convidados: Sabrina Sato e Gorete (que foi transformada no Pí¢nico), Evandro Santo, o Christian Pior, do Pí¢nico, a atriz Rosi Campos, a modelo Mirella Santos, o cabeleireiro Celso Kamura, entre outros.


Agora, falando de roupas, surgiram vestidos inspirados nos palhaços, com volumes exagerados, estampas florais com paetês em maií´s, calças no estilo cenoura e bermudas masculinas.


Brigadeiros, sorvetes e pirulitos eram representados na cabeça, e nas vestimentas, além das balinhas de goma que decoravam alguns modelos, inclusive as sungas-fetichistas dos homens.


Modelos mais cleans vieram em vestidos, maií´s, calças, bermudas e regatas com fundo branco que ganharam bordados com motivos infantis.


Realmente Walério Araújo é a cara da Casa de Criadores!!!!

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: AGíŠNCIA FOTOSITE