Vicunha e Marisa anunciam parceria em coleção denim sustentável

A fabricante têxtil Vicunha e a Marisa se uniram em um projeto que reforça a preocupação ambiental da marca. As empresas se tornaram parceiras, de maneira inédita, no lançamento de uma coleção denim com peças fabricadas de modo sustentável.

A coleção conta com produtos criados com as principais bases sustentáveis da Vicunha, a partir de processos mais racionais e limpos, pioneiros na indústria do jeanswear. Na produção da linha, foram selecionados artigos com selo Eco Cycle, que utilizam técnicas que reduzem em até 95% o consumo de água nos processos e diminuem a utilização de matéria-prima virgem, com o uso de fibras recicladas.

Entre as bases protagonistas, há os jeans Doc-Eco, Greener-Eco e Pine – este último da linha Absolut Eco, que economiza também até 90% de químicos na sua produção. Além disso, faz parte da coleção o denim Cramer-Eco e o artigo Lya, produzido com técnicas que economizam água no processo de acabamento.

Vale destacar que, por ano, a Vicunha é responsável por captar e aproveitar 140 milhões de litros de água da chuva, além de economizar 83 milhões de litros deste recurso nos processos de recuperação de soda e reuso da água. No último ano, a empresa lançou o projeto Pegada Hídrica, em parceria com o Movimento ECOERA, que mediu o consumo de água no ciclo de vida de um jeans pela primeira vez no país.

A linha é agrega o posicionamento das empresas como parte a ação Guardiãs da Água, após a união de ambas à plataforma “A Moda pela Água”, ainda no primeiro semestre de 2019. A iniciativa, criada pelo movimento ECOERA e sob comando de Chiara Gadaleta, reúne empresas, consumidores e ONGs que buscam soluções para o consumo de água na indústria.

Além disso, a união entre Marisa e Vicunha representa um grande movimento que surge após o lançamento dos dados da Pegada Hídrica, tendo como principal objetivo aproximar os players do setor e expandir a discussão da responsabilidade compartilhada em prol de uma gestão responsável dos recursos hídricos em toda a cadeia de valor da moda.

Fonte: Redação | Fotos: Divulgação