Visual de personal stylist inspira Alexander Wang

A democratização do look formulado com a consultoria de um profissional de moda. Foi desta inspiração, que Alexander Wang propôs em sua coleção Resort 2018, um visual onde cada look transmitiu contar com a assinatura de um Personal Stylist. Wang porém, ofereceu essa possibilidade em diálogos prontos para consumo. Peças coordenáveis entre si, em camadas ousadas viabilizaram a ideia. Sobreposições falsas e mix de tecidos, por sua vez, descomplicaram a ideia de junção.

No mix denim, foram os detalhes simulando a customização do próprio consumidor que salientaram a ideia de personalização. O melhor exemplo veio no look calça de couro estilo Slash. Além de ser apresentada por baixo do shortinho jeans rasgado, a peça trouxe o toque de moda da bainha criando a ideia de falsa sobreposição.

E assim foi em toda coleção: pantalonas de alfaiataria com cós em denim, jaquetas com partes desmontáveis revelando índigo na camada interna, e saias jeans com couro prolongando o comprimento simularam acúmulo de camadas. Todas, no entanto, ofertadas em uma única peça e prontas para vestir.

Nos demais looks, transcorreram lingeries vestidas sobre t-shirts, drapeados e fechos permitindo variações na forma de vestir. Em comum, todos sinalizaram a ideia do consumidor interferindo no look como uma tendência unânime entre os segmentos.

FONTE: Vivian David | Fotos: Cortesia Alexander Wang