WGSN apresenta as transformações da moda e as macrotendências

Durante evento da Triton para apresentar seu novo momento no mundo da moda, convidados puderam conferir a palestra da WGSN, com Luiz Arruda, diretor da WGSN/Mindset, que abordou os principais temas e transformações atuais do mercado.

Segundo Arruda, estamos em uma migração da vida moderna, com a reconfiguração dos países devido ao fenômeno de imigração.

O conceito de nacionalismo passa a ser questionado, “será que as fronteiras definem a nossa identidade?”, e outra característica importante, a valorização das emoções em detrimento ao pensamento racional.

A tecnologia, grande aliada no nosso dia a dia também entra em pauta, porém deve haver um equilíbrio em sua utilização, seu excesso não é saudável.

Macrotendências

Estilo livre

Aqui refletimos sobre pessoas, passado, presente e futuro, valorizando a identidade plural, onde trabalho, riqueza e bem-estar guiarão as discussões, à medida que questionamos as práticas do passado e valorizamos as inovações para as minorias e maiorias.

As identidades pessoais serão libertadas e todos os estilos serão celebrados. Os consumidores são ambiculturais, com pessoas de múltiplas raças e etnias capazes de navegar naturalmente entre diversas culturas. Aprimoramos a moda de acordo com a sua cultura e não copiando outros países.

Consciência Total

Aqui refletimos sobre produção, tecnologia, cuidados com o meio ambiente, onde todo o produto precisa ter um propósito e a sustentabilidade atingirá um novo patamar com produtos que possam durar mais. A relação de consumo muda, vamos deixar de viver com muito para viver muito melhor.

“Se nós sabemos a origem dos alimentos que comemos, por que não saber a origem das coisas que compramos?”, questiona Arruda.

É importante saber quem fez aquela roupa, quais os custos, etc. O excesso de informação e de atividades a serem realizadas geram insatisfação, apatia, e por isso, é necessário ser seletivo, ninguém dá conta de tudo, escolha as atividades e assuntos que fazem sentido na sua vida. Outra característica abordada nesse tema é o valor da espera em um mundo onde ninguém tem paciência para nada. Precisamos desacelerar.

Um pouco de magia

Aqui refletimos sobre a natureza – fauna, flora e a humanidade também. Além do misticismo que vem permeando diferentes áreas. A emoção mescla-se às diferentes crenças e a percepção da natureza muda radicalmente. Envelhecer, atualmente, não é mais um problema. “À medida que buscamos mais equilíbrio, calma e estabilidade, os novos especialistas em saúde mental serão místicos, bruxos e xamãs”, comenta Luiz. Segundo ele, as pessoas se conectarão por meio de seus hobbies, valores e estilo de vida. A tecnologia aqui irá simular o que só a natureza poderia fazer sozinha.

O conceito Qualia traz experiências sensoriais que serão cada vez mais significativas e pessoais. Cada um tem uma sensação diferente, pensa de uma forma distinta para cada acontecimento e devemos aprender a descrever essas sensações únicas.
Fonte: Vanessa de Castro | Foto: Equipe Guia JeansWear