As cores indicadas pela pantone para o Inverno 2017

Muita calma nessa hora: de acordo com o relatório bianual divulgado pela Pantone Color Institute, essa é a palavra de ordem predominante nos tons que vão pintar o guarda-roupa de Inverno 2016 (correspondente ao Inverno 2017 nacional). Além da idéia de estabilidade e tranquilidade inerentes ao sentimento mencionado, a busca por mais confiança também irá definir as principais nuances da estação fria. Dentro destes temas, a família de azuis eleva-se em termos de importância e espaço nas interpretações: mérito de suas propriedades reconfortantes passíveis de levar alívio ao quotidiano atual, cada vez mais agitado, transmitindo a idéia de “ressurgimento”; o que de acordo com Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color, corresponde à grande demanda coletiva atual.



Em atenção à esta demanda em haver no espírito do nosso tempo, a temporada irá apresentar dois tons de azuis: o primeiro deles é o Riverside, mais popular e coordenável nas coleções. Entre as grifes que sublinharam a tonalidade em Nova Iorque, temos Rebecca Minkoff, Lela Rose, Theia, Alice & Trixie, David Hart e M. Patmos. Já a sensação de conforto será representada na estação pelo aspecto macio do tom Airy Blue, uma cor que responde à necessidade de aconchego atual, e que foi citada nas coleções de Nicole Miller, Yoana Baraschi e Noon by Noor.



Além dos azuis, a cartela de tons neutros e serenos da estação destaca o Sharkskin, o cinza tubarão, o , mencionado pela Pantone como um tom coringa tanto para cores quentes quanto frias. Em acréscimo, na gama de cores funcionais, temos o Warm Taupe, variação do nude que foi contemplada com apelo sedutor nas coleções de Iris Von Arnim e Cushnie et Ochs. Por fim, o apelo comercial e feminino do rosa surge na versão Bodacious, refletindo o flerte da indústria de cosméticos com o vestuário sublinhado pelas coordenações de Rubin Singer.



De acordo com a Pantone, o Inverno 2017 também será a oportunidade para celebrar através de cores marcantes, como o Aurora Red, tom que domina a coleção de marcas como Christian Siriano e Bibhu Mohapatra. Já a cor Spicy Mustard, recorrente nas propostas da marca Charles&Ron, volta a citar a importância de uma sombra de amarelo como um toque térmico para as composições da estação fria. Ainda na gama de variações quentes, temos o Potter’s Clay, a fusão entre o castanho e o laranja que substituiu as nuances de marrom tradicionais nas apresentações de Kung Katherine.



Em complemento à idéia de esplendor sempre em voga no imaginário feminino, o estudo de cores destaca ainda o tom Dusty Cedar, a variação de rosa-púrpuro envelhecido caracterizada pelo gênero neutro, que é apresentada como uma proposta simbólica de tranquilidade, e que foi tópico da coleção de Rachel Pally. As cores-chave indicadas pela pantone encerram-se com a indicação do verde intitulado Lush Meadow, que se traduz por um chamamento da natureza, e que foi representado com força na coleção de Tadashi Shoji.


VIVIAN DAVID | IMAGENS: REPRODUÇÃO

Assine o Guia de Tendências

O Guia de Tendências by Guia JeansWear é um serviço de pesquisa de tendências para o segmento jeanswear. Para saber mais sobre como podemos ajudar ainda mais no desenvolvimento de coleções assertivas para sua marca entre em contato pelo email atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelo telefone (11) 2475.1113.

  • Promoção de Lançamento

    Para comemorar o lançamento de nosso novo site, estamos oferecendo um desconto imperdível de 10% para novos assinantes. Aproveite!

Assine Agora