Lace up é tendência na expressão de ‘liberdade’ nas coleções

São muitas as construções do universo da moda que trazem na sua bagagem significados distintos, convenientes para multiplicar as possibilidades de uma interpretação. As amarrações, definidas pelo termo “lace up”, são um bom exemplo entre elas.

As vemos diariamente nos cadarços dos tênis da moda de rua, mas também as identificamos no romantismo dos corselets e no aroma de liberdade das batas com jeitão hippie. E é essa ligação com significados distintos que confere versatilidade à construção, dando origem à múltiplas formas de incorporação da tendência na temporada de Verão 2020.

Uma das marcas referenciais do segmento que apostou na construção foi a R13, sobrepondo a bragueta amarrada ao fecho convencional. Implícito nesse recurso, além do embelezamento da peça, temos a possibilidade do ajuste da cintura relaxada para mais de um manequim.

Na mesma coleção, a marca incluiu o “lace up” em bermudas estampadas, diluindo o visual boho com uma certa pegada sporty, graças ao contraste criado pela construção e os padrões havaianos. Com a mesma proposta de um styling intuitivo do consumidor final no volume da peça, a Premiere Vision sugeriu em seus espaços direcionais, o lace up ao longo do entrepernas do jeans. E, dessa forma, reafirmou o momento oportuno para construções que incluam o consumidor final como co-autor do próprio look.

Apesar das possibilidades de ajuste das amarrações, o styling não define o principal apelo comercial da tendência. Mas sim, no resultado estético – indiferente do discurso criado. Nos shortinhos frayed, minissaias e nos tops e vestidos com decote coração, o visual nos remete aos looks de festival, como o Coachella, e pode aparecer tanto na braguilha, quanto nas laterais em distribuição equilibrada ou assimétrica. E aí temos uma convergência da tendência com o visual charmoso das franjas, nas peças que propõe relacionar o look de forma direta ao senso de liberdade e ao lifestyle musical.

Para levar a linguagem ao ambiente urbano, mantendo o perfume libertador em proposta repetível, temos as pantacourts e skinny com braguilhas amarradas girando entre os best-sellers do e-commerce global. Em alguns modelos, a construção lace up é diluída com a ênfase nas cinturas elevadas, lembrando o desenho do espartilho embutido nas peças.

Com intenções equivalente, temos as jaquetas oversized – sozinhas ou em combos – decoradas pelo lace up na vista traseira, ombros e palas. Também as blusas com desenho de t-shirt, apropriam-se da construção nas mangas, explorando formatos gigantes da amarração. Seja em apelo romântico, esportivo, visual upcycle ou setentista, a tendência é uma oportunidade para quem trabalha o perfil da consumidora de jeans cujo impulso de compra é movido pelas construções elaboradas, decorativas e sedutoras – independente do contexto, cenário ou estação.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Assine o Guia de Tendências

O Guia de Tendências by Guia JeansWear é um serviço de pesquisa de tendências para o segmento jeanswear. Para saber mais sobre como podemos ajudar ainda mais no desenvolvimento de coleções assertivas para sua marca entre em contato pelo email atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelo telefone (11) 2475.1113.

  • Ano Novo, material novo

    Está na hora de desenvolver novas coleções e nós do Guia JeansWear estamos aqui para te ajudar, conheça agora mesmo nossos planos para assinatura de material exclusivo.

Assine Agora