Londres legitima o retorno do jeans oversized no closet masculino mundial

A era do jeans skinny, que se ajustam as medidas de estação para estação, ano após ano, de acordo com as ruas do mundo, está prestes a tirar férias do guarda-roupa masculino. Segundo os looks capturados pelo street style global, o homem se dá o direito de retornar aos fits soltos como uma escolha de moderna, livre e criativa. Londres foi o palco inicial que sinalizou essa reviravolta de modelagens, e apontou esta que é uma das propostas das passarelas, como uma demanda legítima e imediata para o paladar do homem atual. Aquele jeans com jeitão de hip hop e falas de skatewear: é ele mesmo que está protagoniza as mudanças.

O final da década de 80 e início dos anos 90 foram marcados como referências que motivam as alterações do jeans sequinho para o formato oversized exagerado. E sob o comando de tal influência, o denim em grades maiores foi adotado com naturalidade na capital de moda, entre moletons e sobretudos longos e formais; alternando-se entre o índigo sólido e o stonewashed. Com frequência, incrementado por amarrações jogger na cintura – assim como as postas nas passarelas. Mais do que uma confirmação de modelagem-chave para o setor, temos aqui uma evidência do quanto o formato de venda que sai de um desfile diretamente para a prateleira, tende a ditar as tendências na logística de manufatura, distribuição e oferta das peças de vestuário.

Das mesmas décadas mencionadas, descende também o mérito pelo retorno dos coloridos: desta vez no formato de combos em paletas terrosas, aproveitando a hombridade dos pantones com jeitão vintage. Também na ousadia do visual vermelho transmitindo coragem da cabeça aos pés. Some isso às coordenações iluminadas pelo estilo neon, através de formações onde o jeans se juntou ao agasalho de neoprene misturando cinza e amarelo ou verde fluo.

Remanescentes de temporadas anteriores persistem; como a jaqueta essencial branca, que continua um grande tópico, desta vez vestida com peças bem coloridas por baixo. Também o jeans black trabalhado em rasgos, ou atualizado por barras de xadrez bufalo, combinado àquelas “bum bags” masculinas, que são aquelas bolsas estilo mochila para parte superior do look, apontadas como parcerias ideais do jeans trabalhado.

Acompanhando a retomada do denim rígido, o jeans com jeitão essencial também muda suas medidas para cortes tubulares quando em comprimentos cropped, quase sempre em visual dry acompanhado de peças bem coloridas. E mencionando em estética subliminar os anos 90 através do grunge, os looks do centro de moda colocaram em evidência também a criatividade de calças jeans com design de avesso, levado para recortes e mix de tecidos do lado direito da peça. Também retomam os patches com cara de calça concertada. Por fim, endossando a corrente que aborda a moda da sobrevivência; pela visão de moda londrina os camuflados em formatos de combos são os fardamentos ideais para enfrentar o dia-a-dia em uma cidade com influência mundial.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Assine o Guia de Tendências

O Guia de Tendências by Guia JeansWear é um serviço de pesquisa de tendências para o segmento jeanswear. Para saber mais sobre como podemos ajudar ainda mais no desenvolvimento de coleções assertivas para sua marca entre em contato pelo email atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelo telefone (11) 2475.1113.

  • Ano Novo, material novo

    Está na hora de desenvolver novas coleções e nós do Guia JeansWear estamos aqui para te ajudar, conheça agora mesmo nossos planos para assinatura de material exclusivo.

Assine Agora