Review das tendências apresentadas nas feiras Premium e Panorama

Corredores ocupados e a continuidade do perfil de distribuição de marcas já praticado. A influente Premium, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de janeiro, validaram-se no mercado global como uma oportunidade para exposição, leitura de tendências, tomada de decisões e em alguns casos – realização de pedidos considerando a temporada de Inverno 2020. A Panorama, conforme identificamos continua uma referência com a habilidade de colocar em evidência o que de está acontecendo de novo e pertinente na moda. Marcas jovens e new players, foram estrategicamente posicionadas ao lado de nomes conhecidos; com a intenção de envolver mais o visitante. Uma reestruturação que aponta o esforço mundial em focar o apelo comercial no frescor e na ousadia para o mercado.

E essa busca levou as tendências do mercado denim global na direção das cores, refletindo o humor do consumidor atual. Tons luminosos permearam jaquetas boxer, parkas e peças inspiradas no estilo explorador. Também foi o elemento de renovação de muitos combos, especialmente no tom amarelo – uma das cores que se apresenta como complementar para o visual índigo. Em contrapartida o vermelho sólido, permanece o novo hit de atualização para os modelos de jaqueta essenciais.

O evento sinalizou também, um revival de alguns hits dos anos 70, com muitas jaquetas e vestidos reinventados pelo formato de manga boca de sino. Também a retomada dos anos 80 especialmente através das lavagens manchadas e excessivas e calças mais trabalhadas no estilo biker arrebatador. Joelhos pespontados, excesso de fechos, recortes com jeitão de desempenho, e acabamentos manchados foram diálogos comuns nestas interpretações.

O recurso “side stripes”, marcou presença em formato evoluído, no visual de listras mais finas com materiais diferenciados, incorporando tons coral e explorando diferentes toques. Também fez sua aparição em versões onde as listras foram ainda mais destacadas, por aplicações de metais enfileiradas em sentido vertical. Além disso, retomam-se alguns padrões estampados de animal print e paisley em fundos coloridos macios.

No quesito peças e looks-chaves destacaram-se para a moda masculina as formações de jalecos e bermudas, em acabamentos macios de azul. Também o macacão estilo workwear, reformulado por quebras repentinas de tonalidades no entrepernas.

O vintage trabalhado tomou o rumo das lavagens mais claras, complementado por azuis médios, blacks e acinzentados. Somado a essa oferta, percebemos o retorno do look amassadinho, lembrando aquela peça jogada na mala e pronta para o uso sem grandes complicações. Também a ênfase nas peças manchadas e feitos de lavanderia variando tonalidades. Todas essas propostas, vão dialogar muito como neoprene, casacos puffers, e outerwear denim mesclado a materiais térmicos como pele sintética. Por fim, representando a influência do laser e da tecnologia no âmbito das tendências, a feira reafirmou o momento desejo de peças direcionais decoradas por estampas de letras e caracteres.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Assine o Guia de Tendências

O Guia de Tendências by Guia JeansWear é um serviço de pesquisa de tendências para o segmento jeanswear. Para saber mais sobre como podemos ajudar ainda mais no desenvolvimento de coleções assertivas para sua marca entre em contato pelo email atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 11 2408-3282 e (11) 95735-1102.

  • Ano Novo, material novo

    Está na hora de desenvolver novas coleções e nós do Guia JeansWear estamos aqui para te ajudar, conheça agora mesmo nossos planos para assinatura de material exclusivo.

Assine Agora