Xangai Fashion Week: Um garimpo inspiracional para o Verão 2020

Ele ainda não faz parte do calendário oficial de moda, mas está a um passo de constar. Como influência, pode-se dizer que é altamente inspirador, e como autenticidade, também não fica para trás – já que leva no formato aquele esforço maior do asiático, sempre empenhado em se diferenciar do comum. Estamos falando da edição de Verão 2019 (equivalente à nossa temporada de calor para o ano de 2020) do Xangai Fashion Week.

O evento, que aconteceu entre os dias 9 e 16 de outubro, sintetizou em seu catwalk todas as estéticas consagradas nas passarelas do ready to wear. Mas como de praxe, com uma coragem maior nas coordenações, desconstruções e formas.

Consensos: combos de camisa denim com bermuda de entrepernas tubular.

Pantacourts em lavagens sólidas e tons macios de azul. Também a estética da braguilha transpassada em declínio – do jeans lavado ao white denim. Da bermuda à saia curta e sequinha. É possível observar lavagens ácidas associadas ao look sporty, em construções assimétricas permeadas por fechos de metal.

No quesito itens desejo, destaque para a coleção de Cristophe Terzian, que explorou bastante as jaquetas croppeds enfeitadas por aviamentos pink, entre franjas e plumas. Este, é um visual que com certeza inspiram leituras comerciais para o território nacional, sempre ávido por peças trabalhadas e decorativas.

Ombros circulares em camadas superiores, soltas em franjas, formando dobras com jeitão de moulage foram numerosas colocações. A tendência Athleisure, tomou forma, em jaquetas denim lavadas e combinadas ao look branco ou preto total. Duas cores tópico importantes da estação, que em Xangai alcançaram sua versão mais construída foram as jaquetas brancas e minimalistas, repletas de aletas, vazados geométricos, e golas altas foram apostas insistentes, em contornos geométricos alusivos à tecnologia.

Xangai frisou novas formas de rasgar o jeans: com recortes formando vazados triangulares, criando uma fusão entre a calça solta e o look shortinho no jeans (ênfase de May Hsu). Utilizou o frayed com glamour semelhante ao das plumas, criando efeitos graciosos em jaquetas recortadas. Partiu os combos em blocos de tons de índigo, mencionando endossando o upcycling tão aclamado na moda mundial. E mesmo com toda essa ousadia se posicionou com um mix comercial. Roupas usáveis, peças familiares – colocadas e um modo inédito foram as mais assíduas. Uma bela referência, tanto para o streetwear jovem nacional, quanto para o closet da mulher madura com perfil fashionista. Confira!

 

Fonte: Vivian David | Foto: Reprodução

Assine o Guia de Tendências

O Guia de Tendências by Guia JeansWear é um serviço de pesquisa de tendências para o segmento jeanswear. Para saber mais sobre como podemos ajudar ainda mais no desenvolvimento de coleções assertivas para sua marca entre em contato pelo email atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelo telefone (11) 2475.1113.

  • Ano Novo, material novo

    Está na hora de desenvolver novas coleções e nós do Guia JeansWear estamos aqui para te ajudar, conheça agora mesmo nossos planos para assinatura de material exclusivo.

Assine Agora