Formação da pérola inspira jeans na coleção Resort da Helessy

Falamos anteriormente aqui da importância de se representar o jeans em ambientes de isolamento social, em imagens positivas com efeito terapêutico. Agora, reconhecemos a validação dessa proposta nas próprias semanas de moda que começam a mostrar inspirações contanto histórias de confinamento com finais belos e poéticos.

É o caso da marca Hellessy, que aproveitou a sua campanha Resort 2021 (equivalente ao 2022 nacional) para exemplificar de forma lírica o quanto a reclusão pode ser transformadora. Na coleção enxuta apresentada em Nova Iorque, a marca relacionou o processo de formação das pérolas ao momento de isolamento social que estamos vivendo.

Não custa lembrar como ele acontece: um grão de areia ou qualquer outro corpo estranho invade o interior da ostra, e ela reage formando uma linda joia. E assim, podemos ler o momento em que estamos vivendo: algo inédito invadiu nossas vidas e podemos escolher reagir de forma positiva e bela.

Na coleção estilo cápsula, que recebeu o nome de “In Home”, o jeans ganhou uma interpretação rara. Além de ser recoberto por contas de pérolas de diferentes tamanhos, acompanhou o tricô no mesmo tom como se fossem uma escolha única. Os blusões ganharam interpretações desconstruídas, com efeitos de dobraduras e detalhes vazados.

O jeans também passou longe do visual displicente. Além do look enfeitado, ganhou adornos de amarrações de faixas de seda embutidas no espelho do bolso frontal. Em alguns momentos, a construção lembrou uma bela cauda de um longo de festa arrastando pelo chão. Em outros, lembrou uma bandana sessentista.

Importante mencionar que a Helessy foi uma das poucas grifes que apresentou uma coleção Resort, mais precisamente na primeira quinzena de julho. O motivo, segundo declarações do diretor criativo da marca, Sylvie Millstein, foi proporcionar roupas confortáveis para ficar em casa, de forma bela para receber uma chamada de vídeo pelo Zoom, por exemplo.

É um contraponto das coleções que se inspiram nas ruas e na pegada streetwear. Podemos pensar que para as próximas temporadas, assim como nos tecidos, dois momentos de inspiração estão se revelando. Um, refletindo a saudade das ruas através dos best-sellers do guarda roupa essencial revigorados pela cor e pelas camadas impensadas. E o outro, introspectivo e romantizado, pensado para se viver o momento atual, da forma mais elevada possível.

Fonte: Vivian David | Fotos: Divulgação