Natureza com significado autoral na coleção de Isabela Capeto

Trabalhar com uma moda artesanal, exclusiva e, atemporal já é um processo que a estilista Isabela Capeto vem desenvolvendo há mais de 20 anos. Em tempos onde tudo isso torna-se cada vez mais importante, sua coleção ganha novo significado ressaltando nossas raízes através de plantas alimentícias não convencionais (PANCS), além de frutas e flores. O mix de materiais traz retalhos aplicados, bordados, carimbos, rendas e pinturas como se fossem pinceladas.

A coleção PANCS aposta numa brasilidade não caricata, mas rica em detalhes e cores em uma mistura interessante de bolas, mamões e bananas com miçangas, paetês e canutilhos. A riqueza de detalhes torna as peças ainda mais criativas e únicas como obras de arte. Reparem nos botões personalizados, nas tachinhas aplicadas na barra do vestido, sianinhas, na renda rechelieu e na mistura divertida de materiais.

A estilista trabalhou o denim color de uma forma leve e lúdica, com o conceito do hand made e um quê streetwear que pode ser visto no macacão com elástico na barra, aplicações e estampas de bananas e nos conjuntos de calças com pregas e jaquetinhas com amarração. Os tons giram em torno do branco, lilás e, vermelho. O jeans leve surge no vestido acinturado com bordados e carinha de brechó.

Já o denim rígido, somente amaciado, torna-se uma tela em branco com a pintura de folhas e flores e delicadas tachinhas que surgem na calça cropped e na jaqueta oversized.

Isabela Capeto trabalha ainda tecidos como o algodão e linho, matelassado e crochê e brinca com as padronagens como o xadrez vichy, listras, olho grego, bolas e frutas, juntamente com aplicações em saias e vestidos longos e rodados, que são sua marca registrada.

Fonte: Vanessa de Castro | Fotos: Reprodução