“Cores do Brasil” une arte, moda e brasilidade

Bruno Basso e Christopher Brooke são os responsáveis pela direção criativa da exposição “Cores do Brasil”, que acontecerá de 03 de Julho a 02 de Agosto na OCA, em São Paulo. O projeto é apresentado pelo Banco Itaú, com patrocínio da Havaianas, e conta com cenografia do atelier Marko Brajovic e curadoria fotográfica de Tuca Vieira. A curadoria do projeto é de Didi Rezende e Kalina Bourgeois.

“Cores do Brasil” é um projeto cultural multidisciplinar que tem por objetivo unir responsabilidade social, fotografia, moda, design e tecnologia de impressão digital. As fotografias apresentadas na exposição foram resultados de oficinas fotográficas e de impressão digital em instituições culturais e em comunidades no Belém, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo, realizadas com 64 jovens de 14 a 26 anos. Com orientação do fotógrafo Tuca Vieira, as oficinas ajudaram os jovens a desenvolverem um olhar critico dentro do contexto em que vivem, fazendo com que eles reconheçam valores locais e qualidades visuais tradicionais do Brasil, sem se limitar a propagandas e clichês que constroem a marca Brasil.

A partir dessas leituras contemporâneas da realidade brasileira, Basso & Brooke através das possibilidades tecnológicas inovadoras, transformaram essas imagens em estampas digitais que podem ser aplicadas nas mais diferentes superfícies, como madeira, tecido, couro e azulejo. A dupla também desenvolveu nove looks para a exposição, sendo cinco femininos e quatro masculinos, além de trazer nove chapéus exclusivos, elaborados pelo designer Stephen Jones.

Marko Brajovic, que assina a cenografia da exposição, criou um grande livro pop up de 6 metros de altura, por 10 metros de comprimento, formando 7 capítulos, numa sucessão de espaços que trazem a pluralidade das fotografias realizadas pelos jovens participantes do projeto, desde a imagem na sua forma original até a manipulação no desenvolvimento do processo digital. “A instalação icônica e multifacetada poderá ser apreciada e explorada livremente pelo público tanto no livro pop up central quanto nos painéis que completam a exposição narrando o processo criativo e envolvimento das comunidades em todo o projeto”, afirma Marko.

Serviço:

De 03 de Julho a 02 de Agosto

Terça a Domingo, das 10hs às 18hs

Quintas-feiras, das 11hs às 22hs

Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3

REDAÇÃO | FOTOS: DIVULGAÇÃO