São Paulo Prêt-à-Porter acontece juntamente com a Couromoda e traz as novidades para o Inverno 2018

Aconteceu entre os dias 15 e 18 de janeiro, no Expo Center Norte, em São Paulo, a 8ª edição da São Paulo Prêt-à-Porter em conjunto com a 45ª edição da Couromoda, com crescimento de 5% em visitação.

“O ano do setor de calçados começa com a Couromoda e o fato de termos tido uma boa feira, com muitos negócios fechados já nos primeiros dias, sinaliza que teremos um ano melhor. Recebemos compradores de todo o Brasil e de outros 55 países que vieram comprar calçados, bolsas, acessórios e roupas que vão abastecer as vitrines do nosso país e também do exterior”, diz Jeferson Santos, diretor geral da feira, que destaca também o sucesso do Fórum.

A próxima edição da Couromoda e da São Paulo Prêt-à-Porter já tem data marcada e acontece entre os dias 14 e 17 de janeiro de 2019, nos pavilhões do Expo Center Norte, em São Paulo.

Se a Couromoda reúne a maioria dos expositores, a Prêt-à-Porter apresentou somente duas marcas com foco no jeanswear: Eruption Jeans e o Grupo Zune que também esteve presente na Fenin e trouxe as marcas Rock&Soda, Über e Zune Jeans, com peças decorativas e efeitos useds.

A Eruption Jeans participou pela primeira vez da Feira e esperava uma maior visitação.

“Gostei bastante departicipar pela primeira vez da feira, sair um pouco do dia-a-dia e rotina da loja para apresentar as novidades aos clientes. Recebemos visita de alguns lojistas , a feira para nós foi como uma vitrine para nos conhecer, precisava de outros canais na divulgação da minha marca, atualmente especializada no plus size”, afirma Kazue Arakaki, proprietária da Eruption Jeans. A marca começou a focar no plus size pela exigência do mercado.

“Minha marca não foi pensada para o segmento plus size mas o mercado me dirigiu para esse setor porque eu trabalhava com cintura media e alta e aí as clientes perguntavam se não eu tinha numeração maior, porque trabalhava até o 48, agora atendo do 38 até o 66. E ainda pedem o 72 e pode ser que eu aumente essa numeração, mas ainda não encontrei o tecido ideal para adequar aos tamanhos maiores” comentou Kazue. Ela ainda afirma que muitas pessoas ainda não conhecem quem trabalha com plus size, que deveria ter mais divulgação dessas marcas.

Para o próximo Inverno a marca traz diferentes lavagens que passeiam do bruto aos blues claros com esbranquiçados em camisas, jaquetas e calças que ainda ganham modelagens com alto power de elastano. O black denim surge com rasgos nos joelhos e há ainda peças no estilo alfaiataria em jeans com aspecto limpo.

FONTE: Vanessa de Castro | Fotos: Fabio Mendes e Equipe Guia JeansWear