Inovação direciona mudanças no estilo da moda de rua mundial

Soluções para o espírito do nosso tempo: é isto que a moda de rua reflete e busca. E como consenso mundial, a necessidade maior da nossa era é inovar, indo além da criação de algo absolutamente inédito. Entende-se (principalmente) a adoção de um modo de uso novo e impensado para algo que já conhecemos. No street style isso se dá pela mudança de hábitos na forma de vestir ou pela alteração do significado de alguns itens clássicos do vestuário.

Nos conglomerados dos grandes centros de moda, como Londres e Paris, que este desafio vem ganhando as respostas mais antecipadas e inspiradoras. Enquanto a temporada ready-to-wear está sugerindo coleções para o Inverno 2020 internacional (equivalente a 2021 nacional) o street style já o está vestindo.

O maior exemplo está na alfaiataria. Se já foi sinônimo de regras, formalidade, e responsabilidade hoje ela evolui seu sentido para o de peça alternativa, atuando como coringa do guarda-roupa mundial. A alfaiataria está vestindo o publico com comportamento criativo, que protagoniza e experiencia um status muito mais confiante, relacionado ao poder. A mudança de visão, provoca a migração da indumentária sensata e bem cortada para o look ou atitude jovem com cabelos desregrados que segue o lifestyle urbano.

O blazer é a peça que se estabelece de maneira mais forte nesse novo papel. Na moda mundial, ele recebe medidas mais alongadas e larguras mais amplas. Nos materiais tradicionais, ele acompanha o jeans ajustado de cintura elevada, veste o colarinho branco e o cinto de fivela minimalista para assumir visual fashionista. Na produção balada chic, permite combinações com a camisa denim oversized semi abotoada na função de vestido.

No visual do combo jeanswear, além das já mencionadas larguras e comprimentos o terninho blazer pode ganhar um sutil franzido lembrando a manga presunto oitentista, e formar conjunto com o jeans flare.

O blazer também pode permitir ao jeans andar na companhia do top cortininha em plena cidade, ou mesmo resgatar o comprimento bermuda sem perder o tino formal. A leitura final o look blazer, nestes moldes, é extremamente fashionista e nada tem haver com o antigo discurso do traje comportado, contido e antiquado.

Os anos 80 continuam inspirando a moda de rua em produções total denim arrebatadoras, desde vestidos com mangas volumosas e saias curtas até combos de calças baggy e jaquetas – sempre mencionando falas de empoderamento e confiança. Um discurso que veste todos – sem exceção. E aqui, estamos falando de inclusão.

Na galeria de sacadas de estilo impensados em evidência, temos ainda as bainhas oversized amarradas com tiras, criando volumes e babados nos tornozelos – nova febre do estilo mundial. Também o uso da jaqueta denim como se fosse camisa, por dentro da calça com modelagem clochard para uma silhueta mais volumosa.

Couro é material forte, até mesmo para vestir da cabeça aos pés (mais uma evidência arrebatadora da saudade oitentista), e a retomada de alguns materiais antigos para dialogar com o jeans em caimento rígido, como o veludo e o plissado na parte superior do look, para tornar mais claro o apego ao passado.

E tudo o que inspira confiança e segurança é “bem visto e bem quisto” pelo look mundial. Por isso o white denim, permanece admirado e numeroso na moda global. Especialmente no visual do macacão de aviação, ou outras indumentárias que remetam a posições de comando antes reservadas ao publico masculino.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Adquira o Guia de Tendências

O Guia de Tendências é um serviço de pesquisa internacional de moda e comportamento para o segmento jeanswear. Quer saber mais sobre esse serviço, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 2656-8285 e (31) 99834-8450.

  • Conheça nosso material exclusivo!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!