Per Götesson anuncia estilo mais plural para denim masculino

Homens, todos desiguais. E isto inclui a definição de gênero, formas, volumes e toda sorte de clichês do estilo. Na temporada de Inverno 2020 (equivalente ao 2021 nacional), é este importante testemunho de pluralidade que está se consagrando no catwalk. Per Götesson foi um dos nomes fortes do segmento denim que “tombou” essa mudança comportamental para o segmento. Para ele, informações de moda até então arriscadas para vestir o perfil do homem atual tornam-se naturais, contanto que a apresentação mencione a construção utilitária.

Na construção desse conceito, Per Götesson propôs importantes subversões: transformou o avental em uma versão masculina de vestido, resgatou o baggy em versão retorcida, drapeou blusas criando tops com pegada sporty, e partiu o macacão oversized em looks de duas peças. Fisionomias típicas como casaco quebra vento, capuzes e patches – desta vez maiores e embutidos na própria funcionalidade da modelagem – também fizeram a diferença.

Nos detalhes do jeans, destaque para o entrepernas baggy com recorte torcido, listras laterais no avesso, assimetrias com visual de moulage na braguilha, e mix entre dry denim e malha de moletom. Já no outerwear, a mistura de tecidos e estilos foi o tópico, como no visual parka jeans e couro em caimento evasé, ou no mix de tecidos do casaco de alfaiataria longo com visual upcycle, ou ainda na sutileza da gola de blazer jogada na construção da jaqueta denim bomber, coexistindo no mesmo look top franzido com capuz.

Um público masculino cada vez mais plural. Aí está a grande direção colocada por esse desfile. Para além da leitura de que o dry denim com leveza de neoprene vai permanecer, ou que os comprimentos cropped nos tops vão continuar a ousar, ou ainda que a pegada fashionista da estética retorcida se tornará mais corajosa no look do homem moderno; todas as mudanças comportamentais e revoluções do papel do homem na sociedade tendem a ganhar uma interpretação mais franca no estilo.

Resumindo: basta pensar naquela peça tipicamente julgada como coisa de homem, e atualizá-la com um volume ou comprimentos duvidoso. Ou o contrário, recriar aquela peça que nunca fez parte do guarda-roupa masculino, adequando-a através de uma versão literalmente grotesca.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Adquira o Guia de Tendências

O Guia de Tendências é um serviço de pesquisa internacional de moda e comportamento para o segmento jeanswear. Quer saber mais sobre esse serviço, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 2656-8285 e (31) 99834-8450.

  • Conheça nosso material exclusivo de tendências!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!