Referências para explorar o streetwear nas coleções de jeans

Texturas irregulares de muros, jeitão imperfeito de quotidiano e foco na atitude e expressão pessoal. O Verão 2020 será uma temporada onde a moda de rua e o seu senso de liberdade tomarão a frente do look, mudando até mesmo a “cara” dos seus complementos mais formais. Mais do que uma tendência, a verdade das ruas é um desejo iminente que vai evoluir para um tema forte no Inverno 2021.

Tonello e Coletex

E como no verão as produções pedem por menos camadas, a lavanderia e os acabamentos do jeans vão ser mais impactados por essa influência – ao contrário do inverno onde ela vai constar mais nos casacos e nas camadas superiores. Com um tema mais permissivo às personalizações, alquimias que valorizam pontos de luz, puídos, respingos, e variações de tonalidades terão maior receptividade nas produções e no imaginário do consumidor.

O Batik, com seu visual craquelado, falhado e irregular será um dos recursos mais decorativos da temporada. É importante destacar que ele não se restringirá apenas ao blue denim, seu desenho artístico também irá constar no mix grafite e na cartela de coloridos. Expertise e apologia ao artesanal serão algumas de suas falas.

Mas a beleza única da textura de cada peça, marcando o movimento da água e da cor, sem dúvida, serão seus maiores apelos comerciais. O frescor da leitura final, tem potencial para combinar tanto com tops lisos como com a moda praia. É aí que está a grande sacada para o guarda roupa atual.

Com falas semelhantes, temos o jeans com áreas extensas de desbotamento, elevado pelo efeito explosivo de respingos e rajadas de tinta. O típico efeito splatter, tomará o status de visual ímpar, encarregado de quebrar a monotonia de complementos sóbrios.

Além disso, irá atuar como parceria ideal para a produção athleisure – que fala de movimento, energia e dinamismo ao mencionar a moda atlética no cenário urbano. O efeito será aplicado de forma retrô, representando nas marcas de tinta os tons vibrantes dos anos 80 e 90 ao invés da mera sutileza do respingo acidental, branco e utilitário.

E por sinal, sutileza não será a palavra mais inspiradora da temporada. Isso porque a tendência é que as peças sobreponham diversos efeitos em um mesmo item. No mesmo jeans splatter, o laser pode atuar recortando o entrepernas pela quebra de tonalidade. Na mesma calça com respingo, bigodes 3D e desbotamentos podem e devem coexistir.

O fit ácido e relaxado, também tem permissão para somar ao seu repertório de irregularidades detalhes de rasgos, devorês e tampões. O mesmo casaco upcycle, pode lembrar a imperfeição dos grandes centros urbanos pelos puídos contrastantes e esparsos.

Toda essa textura excessiva, ao final das contas vai criar uma unidade versátil para a composição dos looks. Uma espécie de visual neutro que ao invés de se ocultar na produção, irá sozinha elevar qualquer composição, do scarpin à rasteira de beira de praia.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Adquira o Guia de Tendências

O Guia de Tendências é um serviço de pesquisa internacional de moda e comportamento para o segmento jeanswear. Quer saber mais sobre esse serviço, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 2656-8285 e (31) 99834-8450.

  • Conheça nosso material exclusivo!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!