Denim com jeitão de diva pop é o tema de Phillip Plein

Correntes, hip-hop, jeans e ostentação. Foram as divas do streetwear, com suas peças ultra justas misturando vestidos sedutores, sandálias gladiador, bocas pintadas e ítens esportivos, que inspiraram a coleção de Verão 2018 nacional apresentada em Milão por Philipp Plein. De acordo com a grife, não existe influência esportiva que convença a mulher a desistir do luxo, do brilho, da produção carregada, e da silhueta ultra justa e fatal.



O denim predominou no aspecto macio, com algumas quebras de harmonia azul promovidas por bolsos e cós. Para gabar-se com o visual da riqueza, o índigo adotou o visual trabalhado do matelassê, e apresentou muito dourado: aplicado na forma de paetês, estampas decorativas com toque, maxi-fivelas e aviamentos. Pleim propôs as silhuetas super justas, nos macacões longos e curtos, combos de shorts e tops ou jaquetas. Os vestidos, promoveram a exposição mais ousada possível da silhueta; com fendas vazadas estabilizadas por tiras e correntes desgrenhadas. A brincadeira de comprimentos, acentuou a jogadinha do micro-short atenuado pela jaquetona longa: quase sempre acompanhando pelo boné decorado, pelo tênis com jeitão de celebridade pop famosa, por um capuz ou por um toque de nudez.



Além do azul claro; o look total white também foi destacado com falas de luxo e jeitão esportivo. Jaquetas, tops, croppeds e combos com saias foram os looks chave, sempre acompanhados de correntes pesadas e alterados por aplicações de estrelas, ilhoses e tachas de diferentes tamanhos e banhos. Como sempre, Phillip incluiu o animal print em diversas situações – priorizando as construções jogging com jeitão de moletom. Absolutamente oportuno para inspirar o target feminino nacional, adepto do funk e do estilo mulherão.