Ellus trabalha o motociclismo enfatizando os conjuntos

O tema do motociclismo, tão em alta na temporada, atravessou os exóticos e ensolarados ambientes do Oriente para formular a coleção de verão 2014 da Ellus, apresentada ontem durante o São Paulo Fashion Week. Nessa viagem, florais tornaram-se difusos, e com tal efeito, alguns ganharam leitura de camuflagem, tal qual uma verdadeira miragem. Felizmente, a diversidade de materiais trabalhados incluiu o jeans, e materiais com linguagem similar como o couro, e o algodão com textura de ráfia.


A fisionomia da calça do motociclista, com recortes quebrando o entrepernas, pespontos reforçando joelheiras e pegada urbana atravessou todo o desfile, tal qual uma peregrinação por diferentes cartelas de cores e materiais. Assim também ocorreu com a jaqueta perfecto, repertório básico do tema. Com frequência algumas formas se repetiram, renovadas por um novo material, ou estampa.


A lógica dos conjuntos foi o centro de toda formulação do mix pensado para a coleção. Jaquetas, casacos e coletes perfecto predominaram na parte superior do look, complementadas por tops, calças estilo biker e saias lápis com profundas fendas frontais. A volumetria circular e minimalista também deu as caras em mangas e jaquetas básicas femininas cropped. Já no mix masculino, tuxedos combinados à bermudas, conjuntos coordenando três diferentes peças, unidos, como sempre, pelo visual do mesmo tecido.


Nossa análise, como sempre, busca influências que possam formar um repertório para o segmento jeanswear. No caso desta coleção, quase tudo mas algumas informações merecem ser bastante frisadas como a importância da formação de conjuntos, a inclusão dos camuflados alterados na cartela de tecidos, a fisionomia da calça do motociclista, a exigência da jaqueta perfecto no mix de casacos e coletes, a saia lápis, a proposta do top devidamente assimilada para o verão, as cinturas elevadas, e ligeiros contornos circulares atualizando casacos e coletes cropped.


E ainda, pensando a importância dos detalhes para o segmento jeanswear, a coleção traz um rico e inspirador repertório que pode ser levado à indústria, com destaque para fechos com um bom banho metálico prata, costuras metalizadas em matelassê, fivelas, espelhinhos formando texturas prateadas, e aplicações metalizadas mistas reforçando contornos de recortes e barras.


A paleta de cores contribui para a identificação de algumas tonalidades e lavagens da temporada, tais como o índigo bruto com caimento de alfaiataria, o cinza grafite, e o laranja desbotado como cor chic e elegante para a estação uma boa escolha para integrar o mix de colors. A ênfase do couro, legitima a permanência do material no segmento denim, bem como o beneficiamento coated. A versão perfurada do material, revela o alinhamento com a tendência dos tecidos texturados, com estampas em relevo. Os buracos e rasgos vestiram de forma rebuscada o algodão com textura de ráfia, e podem facilmente ser levados ao white denim, mesmo que com toque resinado.