Jean Paul Gaultier se despede com estilo da semana de moda de Paris

Alguns dias antes de sua apresentação na semana de moda de Paris, Jean Paul Gaultier informou à mídia que o desfile porvir, no cinema parisiense Le Grand Rex, para a temporada de Primavera 2015, seria seu último desfile da coleção prêt-à-porter. Gaultier decidiu descontinuar suas coleções para se dedicar exclusivamente à sua linha de alta costura e ao seu negócio de perfumes.


O desfile, que marcou o “final de uma era” como muitos afirmaram, contou com presença de vários estilistas famosos como Alber Elbaz, Alexander Wang, Jeremy Scott, Rick Owens, Gareth Pugh, entre outros. Entre as celebridades, Catherine Deneuve foi a que mais chamou atenção. Presente no desfile, a stylist de Madonna, que fez muito sucesso e causou muita controversa nos anos 90 com o sutiã em forma de cone em uma de suas turnês, afirmou que foi com tristeza que a cantora não pôde confirmar presença no último desfile do estilista.


Na passarela, além de uma seleção de modelos emblemáticas como Coco Rocha, Karlie Kloss, Izabel Goulart, Liu Wen e Joan Smalls, foram apresentados 78 looks que reviveram toda a carreira de Gaultier. O desfile, intitulado Élection de Miss Jean Paul Gaultier 2015, foi dividido em duas partes. A primeira apresentando itens emblemáticos do estilista – como as listras de marinheiro, o tailleur feminino e o bustiê em forma de cone coberto de spikes – e a segunda focando mais na sua extravagância exagerada atual. A apresentação foi categorizada em sessões, entre elas a Miss Hommage a Madame de Palmay, referência clara a Genevieve de Fontenay, que comondou o concurso Miss France por anos, Miss Tour de France, que explorou a logomania, Miss Meteo para dias chuvosos e Miss Smoking, entre outras referências.


Gaultier não deixou de lado a beleza do envelhecimento e trouxe um grupo de modelos mais velhas à passarela. Porém, um dos momentos mais aclamados do desfile foi a sessão Miss Redactrice de Mode, dedicada às mais poderosas editoras de moda e seus looks e cabelos reconhecíveis. Entre as homenageadas estavam Babeth Djian, Franca Sozzani, Emmanuelle Alt, Carine Roitfeld, Suzy Menkes e Grace Coddington.


Ao falar ao WWD sobre a decisão ousada do estilista de deixar a moda prêt-à-porter, Alber Elbaz, diretor criativo da Lanvin, resumiu o sentimento de muitos dos presentes nesse último desfile: “É talvez triste para a moda, mas algo feliz para ele. Então, se é feliz por ele, nós apoiamoas a ideia”.
Ficou claro que Jean Paul Gaultier não quis provar nada para ninguém com sua última coleção, que foi claramente comemorativa e apresentada como uma grande festa no último sábado (27/09), que muitos tentaram infiltrar. Na nossa galeria, selecionamos os looks em jeans apresentados pelo estilista, assim como composições emblemáticas que marcaram seus 40 anos na moda ready-to-wear parisiense.