A Jaqueta Biker para o Jeanswear

Em se tratando de outerwear, a jaqueta biker é um dos itens indispensáveis para qualquer coleção de Inverno 2014. O item, que foi apropriado do guarda-roupa dos motoqueiros pelos punks na década de 70 e 80 e adornado com alfinetes e tachas, expressa a tendência rock n’ roll da estação, ao mesmo tempo em que ganha releituras contemporâneas para o público mais básico.


A oportunidade que surge com o jeans retomando posição de prestígio em meio às principais tendências, é o uso do denim como base para criação da peça. As opções são infinitas e não é difícil destrinchar diferentes possibilidades em uma única modelagem biker como, por exemplo, um item com acabamento de jeans vintage e numa segunda opção, o jeans encerado com aspecto de couro, uma alternativa comercial que surge com os diversos lançamentos das tecelagens. O denim leather proporciona aos confeccionistas uma ampla gama de lavagens e acabamentos, possibilitando o visual do couro de maneira mais simples e econômica. Disponíveis no mercado temos os tecidos: Mild da Cedro, o Cher da Vicunha, o Cetim Gesso da Canatiba e o Salamanca Fix da Capricórnio, entre outras opções, que se fazem práticas para viabilização da tendência.


Outra opção para ampliar as variações da jaqueta biker e que, confirmando as apostas que havíamos percebido em diversos eventos nacionais e internacionais, se faz cada vez mais necessária, é o mix de tecidos. Várias vezes pontuado durante as palestras do Senac Moda Informação 2014, a variedade visual em uma única peça mostra-se presente para os públicos tanto femininos e masculinos quanto para o público jovem. A mistura do jeans com o couro ganha releituras cada vez mais elaboradas com a junção de matelassê localizado e excesso de zíperes, assim como o jeans com pele falsa fazendo alusão às tendências mais rebuscadas e o jeans com moletom com pegada street wear.


Ressaltamos a possibilidade de diversificar a produção ao incluir uma peça híbrida na coleção como, por exemplo, uma biker jacket com zíperes posicionados de maneira inteligente, possibilitando a opção com manga/sem manga, viabilizando o colete de forma irreverente. Sendo assim, a jaqueta biker se desvenda uma peça ímpar, que de forma mais clássica atende o público fiel ao estilo rocker e de maneiras elaboradas e alternativas, atende todos os tipos de consumidores.


Nas vitrines, à peça deve ganhar destaque e leituras de estilo apropriadas para cada público alvo. A legging continua sendo uma boa combinação de bottom juntamente com a t-shirt estampada. Para finalizar o look, uma camisa com xadrez lenhador, amarrada na cintura vende o kit completo para o consumidor final. No look total denim, uma jaqueta biker sequinha faz o estilo mais contemporâneo da estação tanto para os homens quanto para as mulheres. Já quem quer incluir a biker jacket numa vitrine teen, a dica dos três layers básicos camiseta + moletom + jaqueta com uma calça jeans rasgada é uma opção múltipla.

MARINA COLERATO | FOTOS: REPRODUÇÃO