Acabamentos de inverno com contexto para o mercado jeanswear nacional

Mercado denim nacional: povoado por um público

consumidor tão diversificado e miscigenado, quanto sua própria natureza.

Somos plurais nas culturas, etnias, modos de vida, climas, poderes de

compra e hábitos de consumo. Logo, não existe contexto mais adequado

para o nosso país, do que formular uma curadoria de

lavagens para o jeans que atravesse as estações, e

promova o giro das vendas o ano todo. Para quem está desenvolvendo o

Inverno 2017, é sempre oportuno lembrar que a cartela de

lavagens detém um poder decisivo nesta meta. Com um percentual maior

de aparências dedicadas ao frio, e toques de frescor e meia estação

correspondentes às tendências de calor que tendem à evoluir; é possível

criar um mix com visual invernal sem ficar “refém” de uma única estação.



O vintage é o grande coringa desta estratégia: puídos, e

lavagens com efeitos de batik carregam na bagagem acima de tudo;

discurso de exclusividade. Logo, são atemporais por excelência, e

prevalecem atuais o ano todo. O fundo black, por sua vez; é clássico de

Inverno que não perde público no verão. Sobretudo no momento em que

vivemos, onde somado à fidelidade dos amantes do visual preto indefectível

ao ítem; as tendências ligadas à sustentabilidade vem

elevando a importância do lifestyle urbano nas coleções. Deste modo, a

cartela escura somada à brilhos resinados, construções trabalhadas e

artesanatos; perdem a associação com uma única temporada, e tornam-­se

desejos iminentes entre as estações.



Já os índigos com acabamento em fundo médio claro,

somados à aplicações de cloro; comunicam limpeza e frescor. Logo,

promovem um respiro confortável e luminoso, que além deter falas de verão,

representam uma quebra bem vinda no humor introspectivo do inverno. Em

síntese: trata-­se de mais um visual que permanece com apelo comercial

durante o ano todo.



As customizações ­ os chamados artesanatos ­ tais como

os bigodes 3d, pinos com efeitos used e puídos; constam entre as opções

mais eficientes para que as peças se diferenciem entre as araras. Além

disso, permitem que acima de temperaturas e estações, o visual

jeans prevaleça como linguagem principal. E com isso,

ganha­-se liberdade de estilo entre as temporadas ­ mobilidade essencial

para o contexto do mercado denim brasileiro.

VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR